O Grémio do Comércio do Concelho de Guimarães: dinâmicas corporativas, associativas e comerciais

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

36 Downloads (Pure)

Abstract

Este artigo procura demonstrar a realidade do Grémio do Comércio do Concelho de Guimarães, organismo primário da organização corporativa estabelecida pelo Estado Novo, entre o ano de sua emergência, em 1939, e a sua extinção, em 1975, com base na documentação que sobreviveu à sua extinção. O objetivo é analisar este organismo, em particular no que se refere às dinâmicas corporativa e interna da organização, bem como às relações com entidades fora da organização corporativa, com base na exploração das atas de seus órgãos de administração. Finalmente, caracteriza-se o universo social dos membros, levando em consideração o setor de atividade, a dimensão da empresa e sua localização no território vimaranense.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)159-182
Number of pages24
JournalOficina do Historiador
Volume11
Issue number2
DOIs
Publication statusPublished - 2018

Keywords

  • Grémios do Comércio
  • Portugal
  • Estado Novo
  • Corporativismo

Cite this