O estado do Islão e o Islão do estado

Research output: Contribution to conferenceAbstract

Abstract

O Presidente da República Portuguesa condecorou a Comunidade Islâmica de
Lisboa, no seu 50º aniversário, com a Ordem da Liberdade. O ato, politicamente assertivo e profusamente difundido no media, suscitou comentários islamófobos nas redes sociais. Saba Mahmood (1962 – 10 de março de 2018, in memoriam) explorou, em Politics of Piety (2004), a interseção entre género e religião nos movimentos pietistas islâmicos do Cairo por forma a obrigar-nos a desafiar o próprio caracter sacralizado do princípio da liberdade. O livro, conceptualmente provocatório, foi atacado por feministas liberais. Por outro lado, em Religious Difference in a Secular Age: A Minority Report (2015) Saba contesta as ideias convencionais de que o secularismo — vulgarmente interpretado como a separação entre a religião do estado — reduziria as tensões religiosas e políticas nos países muçulmanos, argumentando, que a condição secular implica, ao contrário, um envolvimento ativo do estado na regulação da vida e instituições religiosas. Os limites que Saba Mahmood (não) impôs à reflexão sobre religião, feminismo e secularismo são desafiadores e potencialmente perturbadores do ponto de vista político e disciplinar, mas imprescindíveis para uma reflexão apartada sobre estado, liberdade religiosa, género e, também, Antropologia. Seguirei aqui a sua pista, comentando conceptualmente medidas, vocabulários e atos simbólica e politicamente densos da realidade do Islão público em Portugal.
Original languagePortuguese
Pages2-3
Number of pages2
Publication statusPublished - 2018
EventIV Colóquio Anual "A Religião nas Múltiplas Modernidades"(RELIMM), org. CEC-FLUL e CRIA, Lisboa, ISCTE-IUL - ISCTE-IUL, Lisbon, Portugal
Duration: 20 Jun 201821 Jun 2018
http://cria.org.pt/wp/wp-content/uploads/2018/06/ReliMM-2018_Programa-1.pdf

Conference

ConferenceIV Colóquio Anual "A Religião nas Múltiplas Modernidades"(RELIMM), org. CEC-FLUL e CRIA, Lisboa, ISCTE-IUL
CountryPortugal
CityLisbon
Period20/06/1821/06/18
Internet address

Cite this