O ensino politécnico em Portugal – A construção de uma identidade em tempos de mudança (entre os finais do séc.XX e o início do novo milénio)

Research output: Book/ReportBookpeer-review

Abstract

Frequentemente se misturam os termos Universidade e Ensino Superior. Em Portugal, o sistema de ensino superior é binário, e universidades e politécnicos têm traçado percursos bastante distintos. No entanto, algumas políticas educativas acabaram por produzir uma convergência de sentidos entre os dois subsistemas de ensino: se não na sua lógica e na sua missão – porque traduzem objetivos de formação diferentes –, ela ocorreu nos movimentos de oferta e procura de formação, que se podem constituir como um indicador de uma mudança das representações sociais e dos modelos culturais, em torno do ensino superior e, em particular, do subsistema politécnico (aquele que mais alterações registou). Por seu lado, o Processo de Bolonha abriu (ou legitimou) às instituições de ensino politécnico novos campos de ação, que se podem traduzir na construção de uma identidade própria. No início do novo milênio, como olham as unidades de ensino politécnico para o seu próprio percurso e para o tipo de ensino que representam? Com esta reflexão, procuramos contribuir para um enriquecimento da leitura (e literatura) em torno do ensino superior e, em especial, do ensino politécnico em Portugal.
Original languagePortuguese
Place of PublicationSaarbrücken
PublisherNovas Edições Académicas
Number of pages348
ISBN (Print)978-3-639-85073-4
Publication statusPublished - 2015

Cite this