O discurso sobre a ‘música nacional’ na imprensa musical lisboeta da década de 1890

Research output: Contribution to conferenceAbstract

Abstract

Na década de 1890, a cultura portuguesa assistiu à intensificação de uma necessidade de afirmação identitária, a qual foi em grande medida despoletada pelo Ultimato Inglês de Janeiro de 1890, um episódio traumático para o Portugal de então. Essa preocupação identitária teve ecos também no domínio da música, com a intensificação da discussão acerca da aquisição de uma identidade especificamente «portuguesa» para a música dos compositores portugueses — todo um debate marcado pela ausência de consenso relativamente ao lugar que a «tradição» deveria assumir enquanto via para a «nacionalização» da composição musical. A presente comunicação pretende considerar o papel desempenhado nesse contexto pela imprensa musical especializada em Lisboa (Gazeta Musical de Lisboa, 1889-1897; A Arte Musical, 1890-1891; Amphion, séries II-IV, 1890-1898), nomeadamente analisando as práticas e mecanismos sobre os quais assenta o discurso sobre a «música nacional».
Original languagePortuguese
Pages1
Number of pages1
Publication statusPublished - 2016
EventV Seminário Música, Teoria Crítica e Comunicação - FCSH/NOVA, Lisboa, Portugal
Duration: 28 Apr 201614 Jul 2016

Seminar

SeminarV Seminário Música, Teoria Crítica e Comunicação
Abbreviated titleV MTCC
CountryPortugal
CityLisboa
Period28/04/1614/07/16

Keywords

  • música
  • discurso
  • nacionalismo
  • tradição
  • identidade

Cite this

Santos, L. M. L. D. (2016). O discurso sobre a ‘música nacional’ na imprensa musical lisboeta da década de 1890. 1. Abstract from V Seminário Música, Teoria Crítica e Comunicação, Lisboa, Portugal.