O cinema indígena colaborativo do Vídeo nas Aldeias e o Património Cultural Imaterial

Research output: Contribution to journalArticle

4 Downloads (Pure)

Abstract

O projeto Vídeo nas Aldeias (VNA) foi criado no Brasil em 1986 com o objetivo de apoiar a luta dos povos indígenas no fortalecimento das suas culturas e identidades através do recurso ao audiovisual. A partir de 1997, o VNA transformou‐se numa escola de cineastas indígenas, apesar de o espírito de colaboração se ter mantido, especialmente durante as fases de revisão das filmagens, tradução e montagem. Este artigo analisa
alguns estudos de caso no sentido de refletir sobre as relações entre cinema colaborativo e património no contexto dos povos indígenas no Brasil e advoga que aquele não é uma técnica ou metodologia, mas antes
uma atitude política, ética e estética que tem que estar disponível para o potencial do devir e do radicalmente novo.
Original languagePortuguese
Article number1
Pages (from-to)1-11
Number of pages11
JournalMemoriamedia
Issue number3
Publication statusPublished - 2018

Keywords

  • cinema indígena
  • cinema colaborativo
  • património cultural imaterial
  • Vídeo nas Aldeias

Cite this

@article{4ada41be848541fda0cf80ca942d4db7,
title = "O cinema ind{\'i}gena colaborativo do V{\'i}deo nas Aldeias e o Patrim{\'o}nio Cultural Imaterial",
abstract = "O projeto V{\'i}deo nas Aldeias (VNA) foi criado no Brasil em 1986 com o objetivo de apoiar a luta dos povos ind{\'i}genas no fortalecimento das suas culturas e identidades atrav{\'e}s do recurso ao audiovisual. A partir de 1997, o VNA transformou‐se numa escola de cineastas ind{\'i}genas, apesar de o esp{\'i}rito de colabora{\cc}{\~a}o se ter mantido, especialmente durante as fases de revis{\~a}o das filmagens, tradu{\cc}{\~a}o e montagem. Este artigo analisaalguns estudos de caso no sentido de refletir sobre as rela{\cc}{\~o}es entre cinema colaborativo e patrim{\'o}nio no contexto dos povos ind{\'i}genas no Brasil e advoga que aquele n{\~a}o {\'e} uma t{\'e}cnica ou metodologia, mas antesuma atitude pol{\'i}tica, {\'e}tica e est{\'e}tica que tem que estar dispon{\'i}vel para o potencial do devir e do radicalmente novo.",
keywords = "cinema ind{\'i}gena, cinema colaborativo, patrim{\'o}nio cultural imaterial, V{\'i}deo nas Aldeias",
author = "Rodrigo Lacerda",
note = "info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147310/PT# UID/ANT/04038/2013",
year = "2018",
language = "Portuguese",
pages = "1--11",
journal = "Memoriamedia",
issn = "2183-3753",
number = "3",

}

O cinema indígena colaborativo do Vídeo nas Aldeias e o Património Cultural Imaterial. / Lacerda, Rodrigo.

In: Memoriamedia, No. 3, 1, 2018, p. 1-11.

Research output: Contribution to journalArticle

TY - JOUR

T1 - O cinema indígena colaborativo do Vídeo nas Aldeias e o Património Cultural Imaterial

AU - Lacerda, Rodrigo

N1 - info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147310/PT# UID/ANT/04038/2013

PY - 2018

Y1 - 2018

N2 - O projeto Vídeo nas Aldeias (VNA) foi criado no Brasil em 1986 com o objetivo de apoiar a luta dos povos indígenas no fortalecimento das suas culturas e identidades através do recurso ao audiovisual. A partir de 1997, o VNA transformou‐se numa escola de cineastas indígenas, apesar de o espírito de colaboração se ter mantido, especialmente durante as fases de revisão das filmagens, tradução e montagem. Este artigo analisaalguns estudos de caso no sentido de refletir sobre as relações entre cinema colaborativo e património no contexto dos povos indígenas no Brasil e advoga que aquele não é uma técnica ou metodologia, mas antesuma atitude política, ética e estética que tem que estar disponível para o potencial do devir e do radicalmente novo.

AB - O projeto Vídeo nas Aldeias (VNA) foi criado no Brasil em 1986 com o objetivo de apoiar a luta dos povos indígenas no fortalecimento das suas culturas e identidades através do recurso ao audiovisual. A partir de 1997, o VNA transformou‐se numa escola de cineastas indígenas, apesar de o espírito de colaboração se ter mantido, especialmente durante as fases de revisão das filmagens, tradução e montagem. Este artigo analisaalguns estudos de caso no sentido de refletir sobre as relações entre cinema colaborativo e património no contexto dos povos indígenas no Brasil e advoga que aquele não é uma técnica ou metodologia, mas antesuma atitude política, ética e estética que tem que estar disponível para o potencial do devir e do radicalmente novo.

KW - cinema indígena

KW - cinema colaborativo

KW - património cultural imaterial

KW - Vídeo nas Aldeias

M3 - Article

SP - 1

EP - 11

JO - Memoriamedia

JF - Memoriamedia

SN - 2183-3753

IS - 3

M1 - 1

ER -