O bairro mineiro de Alcanadas (Batalha): uma quimera filantrópica?

José Manuel Brandão, António Borges Abel, Gonçalo Matos

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

Por conveniências políticas, paternalismo ou, mais raramente, por genuína preocupação com as condições de vida dos operários, muitas indústrias, de que a mineira é caso exemplar, construíram bairros destinados aos operários que nelas trabalhavam. As empresas ganhavam assim em diferentes tabuleiros, nomeadamente na rentabilidade do trabalho e no controlo da “paz
social”, absolutamente necessária à prossecução das metas de produção.
Além disso, a habitação social, quase sempre associada a uma pequena horta familiar, funcionava também, de certa forma, como compensação pelos magros salários pagos, tornando, os trabalhadores reféns desse (aparente) magnânimo procedimento.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)169-183
Number of pages14
JournalCadernos de Estudos Leirienses
Volume8
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • Bairros operários
  • Alcanadas
  • Batalha
  • Portugal

Cite this