O amor pela Música, um Dicionário e a cultura musical como pedagogia no século XIX

Gilberto Vieira

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

1 Downloads (Pure)

Abstract

O objetivo deste artigo é apresentar uma perspectiva da História da Educação Musical que se desenvolve para além das instituições escolares, especificamente no campo da Cultura. A questão central será tentar compreender como o campo da Cultura Musical pode operar também como “Pedagogia”, tendo como recorte o século XIX. O objeto de estudo que dará suporte a essas reflexões será o “Dicionário Musical”, de Raphael Coelho Machado, publicado no Brasil em 1842. Para tanto as referências teóricas utilizadas abrangem as categorias de “programa institucional” (Dubet, 2002), “regime de amadorismo” (Fauquet e Hennion, 2000) e “cultura como pedagogia” (Silva, 2005). Como conclusão geral deste artigo, constata-se que os processos históricos de constituição e afirmação de determinadas Culturas Musicais apresentam-se como uma importante temática para ser problematizada e estudada também dentro da área da História da Educação Musical.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)53-73
Number of pages20
JournalCaminhos da Educação: diálogos, culturas e diversidades
Volume3
Issue number1
DOIs
Publication statusPublished - 2021

Keywords

  • Cultura como pedagogia
  • História da Educação
  • História da Educação Musical
  • Música no Brasil Império
  • História da Música no Brasil

Cite this