Num buraco no chão vivia… uma história: Arqueologia dos silos medievais e modernos de Castelo de Vide: do armazenamento às lixeiras

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contributionpeer-review

2 Downloads (Pure)

Abstract

Escavações arqueológicas realizadas nas últimas três décadas no centro histórico de Castelo de Vide trouxeram à luz silos de armazenamento em cerca de 20 locais, produzindo um grande volume de dados que carece de um estudo detalhado. A análise deste tipo de estrutura subterrânea revela interessantes processos de transformação, desde o seu uso original como espaços de preservação de alimentos até à sua frequente reutilização para o descarte de resíduos, sendo uma fonte especialmente útil para estudar a cultura material descartada e reconstruir padrões de consumo. Este trabalho constitui uma primeira abordagem a esta realidade complexa, focando-se especialmente nos processos de desativação e de reutilização dos silos como uma fonte para analisar as transformações urbanas e os processos de gestão de resíduos durante a Idade Moderna.
Original languagePortuguese
Title of host publicationPequenas cidades no tempo
Subtitle of host publicationO ambiente e outros temas
EditorsAdelaide Costa, Sara Prata
Place of PublicationLisboa
PublisherIEM - Instituto de Estudos Medievais / Câmara Municipal de Castelo de Vide
Chapter7
Pages151-180
Number of pages29
ISBN (Print)978-989-54529-5-8, 978-972-9040-18-4
Publication statusPublished - 2021
EventColóquio Internacional Pequenas Cidades e Ambiente - Castelo de Vide, Portugal
Duration: 14 Mar 201916 Mar 2019

Conference

ConferenceColóquio Internacional Pequenas Cidades e Ambiente
CountryPortugal
CityCastelo de Vide
Period14/03/1916/03/19

Keywords

  • Silos
  • Armazenamento
  • Arqueologia urbana
  • Castelo de Vide (Portugal)

UN Sustainable Development Goals (SDGs)

  • SDG 4 - Quality Education

Cite this