Novas Cartas Portuguesas: resistência e atualidade

Research output: Contribution to journalArticle

21 Downloads (Pure)

Abstract

Este artigo tem por objetivo discutir a obra literária Novas Cartas Portuguesas – sob a óptica da História Social –, de valor inestimável para Portugal bem como para a luta feminina/feminista no país nos anos finais da ditadura do Estado Novo português. Esta obra, escrita a três mãos por Maria I. Barreno, Maria T. Horta e Maria V. da Costa, constituiu importante ferramenta de enfrentamento contra a condição nacional, colocando em discussão através da poesia e literatura o papel da mulher na sociedade portuguesa. Esta obra, escrita em forma de cartas, poemas e pequenos ensaios, buscou denunciar parte do sistema autoritário em que estava imerso o país, deixando um rastro de significados e desafios daquele período.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)111-120
Number of pages10
JournalGênero na Amazônia
Issue number13
Publication statusPublished - 2018

Keywords

  • Portugal
  • Novas Cartas Portuguesas
  • Estado Novo

Cite this