Notícias em Portugal: Estudos sobre a imprensa informativa (séculos XVI‐XX)

Research output: Book/ReportBook

11 Downloads (Pure)

Abstract

Dado o impacto pessoal, social e cultural que teve e tem, o jornalismo foi e é um objeto relevante da realidade histórica portuguesa. Daí que seja cientificamente relevante construir conhecimento sobre a história do jornalismo português. Uma
ciência portuguesa que não se ocupe da investigação sobre as realidades do país nem dissemine os resultados dessa investigação em português – mesmo que o faça, igualmente, noutras línguas – é uma ciência cega. Na disseminação do
conhecimento científico é mais importante o que é dito do que a língua em que é dito. Tal como é mais importante o que é dito do que o suporte que serve aquilo que é dito.
Este livro vale a pena e tem sentido. Nas humanidades e ciências sociais, e na ciência em geral, as obras coletivas temáticas e os livros monográficos são relevantes e encontram‑se, normalmente, entre as obras mais consultadas, referidas e citadas, mesmo quando são, aberrantemente, desconsideradas na comparação com artigos publicados em revistas indexadas em certas bases de dados, modismo que resulta da confusão entre produção de conhecimento científico e competição por métricas de produtividade. Estamos em crer, contra a opinião dos defensores da avaliação da qualidade científica por simples métricas, acopladas, ou não, aos ditames da indexação e do impacto, que a relevância e o impacto científico e social de cada obra são independentes da forma que esta assume (artigo, capítulo ou livro monográfico).

O espírito que alimentou a ideia que presidiu à organização deste livro foi, pois, muito simples: produzir uma obra coletiva temática, escrita em língua portuguesa, que narrasse uma história do jornalismo português, por meio de estudos de caso, dispostos cronologicamente. Obra necessariamente plural, cada autor construiu, livremente, quer o seu objeto, quer o seu referencial teórico e conceptual, quer, ainda, a sua metodologia de análise, procurando produzir conhecimento novo e original sobre a história do jornalismo português e sobre os seus intérpretes – os jornalistas. Os referenciais teóricos que moldaram os contextos de interpretação dos resultados são variados, até porque nos preocupámos, desde o início, por evitar que o livro padecesse
da doença infantil da autorreferenciação, evidenciada, principalmente, pela ciência anglo‑saxónica, até porque acreditamos que uma ciência autorreferencial é, por definição, uma ciência encapsulada.
Original languagePortuguese
Place of PublicationLisboa
PublisherICNOVA – Instituto de Comunicação da Nova
Number of pages354
ISBN (Electronic)978‐989‐54285‐3‐3
ISBN (Print)978‐989‐54285‐4‐0
Publication statusPublished - Dec 2018

Publication series

NameLivros ICNOVA

Keywords

  • Notícias de Portugal
  • Portugal
  • Imprensa
  • Séculos XVI‑XX
  • Restauração
  • Gazeta de Lisboa
  • Jornalismo político
  • Diário e Notícias
  • Ocidente (1875‑1915)

Cite this

Sousa, J. P. A. (2018). Notícias em Portugal: Estudos sobre a imprensa informativa (séculos XVI‐XX). (Livros ICNOVA). Lisboa: ICNOVA – Instituto de Comunicação da Nova.