No ateliê do pintor naturalista

Espaços, equipamentos e materiais

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

Abstract

O projeto interdisciplinar Crossing Borders: História, Materiais e Técnicas de pintores portugueses 1850-1918 (Romantismo, Naturalismo e Modernismo) tem como objetivo perspetivar os artistas portugueses num contexto histórico e social comparando as suas práticas artísticas com as dos seus
contemporâneos europeus. Neste projeto enquadra-se a investigação dedicada aos materiais e técnicas dos pintores naturalistas portugueses (1865-1932) sustentada por uma sistemática pesquisa documental. Espera-se assim contribuir para uma melhor caracterização da pintura do período
naturalista. Cumprindo esse propósito, o estudo que aqui se apresenta, dedicado aos ateliês dos artistas naturalistas portugueses, mostrou-se bastante revelador das potencialidades das fontes documentais, analisadas sob a perspetiva do saber técnico e material, na construção de novas leituras que se creem fundamentais à História da Arte portuguesa.
Original languagePortuguese
Title of host publicationActas do IV Congresso de História da Arte Portuguesa em Homenagem a José-Augusto França
PublisherAssociação Portuguesa de Historiadores da Arte (APHA)
Pages217-220
ISBN (Print)978-989-20-4815-4
Publication statusPublished - 2014

Keywords

  • arte
  • história
  • materiais e técnicas

Cite this

Ferraz, A., Carlyle, L. A., & Macedo, R. (2014). No ateliê do pintor naturalista: Espaços, equipamentos e materiais. In Actas do IV Congresso de História da Arte Portuguesa em Homenagem a José-Augusto França (pp. 217-220). Associação Portuguesa de Historiadores da Arte (APHA).