Neologia Terminológica e Mediação Comunicativa na Língua Médica

Research output: Contribution to conferencePaper

Abstract

Em Medicina, o termo é transposto de especialidade para especialidade, pelos especialistas da comunidade científica detentores de uma formação idêntica ou de uma especialidade diferente. A extensão de um conceito a outras disciplinas conduz, frequentemente, a uma mudança desse conceito e, por vezes, assistimos à criação de novos conceitos. Consequentemente, no plano da língua, assistimos quer à criação de novas denominações quer a mudanças semânticas que estão na base de vários tipos de neologia semântica. As competências linguísticas e as competências interculturais são muito importantes no quadro das relações entre os profissionais de saúde, e em particular, entre médicos e pacientes, tornando a comunicação mais eficaz. Os médicos devem estar conscientes da importância da língua na comunicação. A mediação em língua e comunicação médicas estabelecem-se entre: o terminólogo e o especialista do domínio; os especialistas de uma comunidade científica, a comunidade científica nacional e internacional, os locutores e os especialistas de um domínio científico, os profissionais de saúde, o médico e o paciente.
Original languagePortuguese
PagesN/A
Publication statusPublished - 2017
EventVI Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa - Escola Superior de Educação de Santarém, Santarém, Portugal
Duration: 24 Oct 201728 Oct 2017
http://simelp.ese.ipsantarem.pt/

Conference

ConferenceVI Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa
Abbreviated titleVI SIMELP
CountryPortugal
CitySantarém
Period24/10/1728/10/17
Internet address

Keywords

  • empréstimo
  • Neologismo
  • Mneonímia terminológica
  • Neologismo terminológico
  • empréstimo terminológico

Cite this

Contente, M. M. D. M., & Lino, M. T. R. F. (2017). Neologia Terminológica e Mediação Comunicativa na Língua Médica. N/A. Paper presented at VI Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa, Santarém, Portugal.