Neologia Terminológica e Mediação Comunicativa na Língua Médica

Research output: Contribution to conferencePaper

Abstract

Em Medicina, o termo é transposto de especialidade para especialidade, pelos especialistas da comunidade científica detentores de uma formação idêntica ou de uma especialidade diferente. A extensão de um conceito a outras disciplinas conduz, frequentemente, a uma mudança desse conceito e, por vezes, assistimos à criação de novos conceitos. Consequentemente, no plano da língua, assistimos quer à criação de novas denominações quer a mudanças semânticas que estão na base de vários tipos de neologia semântica. As competências linguísticas e as competências interculturais são muito importantes no quadro das relações entre os profissionais de saúde, e em particular, entre médicos e pacientes, tornando a comunicação mais eficaz. Os médicos devem estar conscientes da importância da língua na comunicação. A mediação em língua e comunicação médicas estabelecem-se entre: o terminólogo e o especialista do domínio; os especialistas de uma comunidade científica, a comunidade científica nacional e internacional, os locutores e os especialistas de um domínio científico, os profissionais de saúde, o médico e o paciente.
Original languagePortuguese
PagesN/A
Publication statusPublished - 2017
EventVI Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa - Escola Superior de Educação de Santarém, Santarém, Portugal
Duration: 24 Oct 201728 Oct 2017
http://simelp.ese.ipsantarem.pt/

Conference

ConferenceVI Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa
Abbreviated titleVI SIMELP
CountryPortugal
CitySantarém
Period24/10/1728/10/17
Internet address

Keywords

  • empréstimo
  • Neologismo
  • Mneonímia terminológica
  • Neologismo terminológico
  • empréstimo terminológico

Cite this

Contente, M. M. D. M., & Lino, M. T. R. F. (2017). Neologia Terminológica e Mediação Comunicativa na Língua Médica. N/A. Paper presented at VI Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa, Santarém, Portugal.
Contente, Maria Madalena Dias Marques ; Lino, Maria Teresa Rijo Fonseca. / Neologia Terminológica e Mediação Comunicativa na Língua Médica. Paper presented at VI Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa, Santarém, Portugal.
@conference{7b9923204ccd4ce3bc168b139d76796f,
title = "Neologia Terminol{\'o}gica e Media{\cc}{\~a}o Comunicativa na L{\'i}ngua M{\'e}dica",
abstract = "Em Medicina, o termo {\'e} transposto de especialidade para especialidade, pelos especialistas da comunidade cient{\'i}fica detentores de uma forma{\cc}{\~a}o id{\^e}ntica ou de uma especialidade diferente. A extens{\~a}o de um conceito a outras disciplinas conduz, frequentemente, a uma mudan{\cc}a desse conceito e, por vezes, assistimos {\`a} cria{\cc}{\~a}o de novos conceitos. Consequentemente, no plano da l{\'i}ngua, assistimos quer {\`a} cria{\cc}{\~a}o de novas denomina{\cc}{\~o}es quer a mudan{\cc}as sem{\^a}nticas que est{\~a}o na base de v{\'a}rios tipos de neologia sem{\^a}ntica. As compet{\^e}ncias lingu{\'i}sticas e as compet{\^e}ncias interculturais s{\~a}o muito importantes no quadro das rela{\cc}{\~o}es entre os profissionais de sa{\'u}de, e em particular, entre m{\'e}dicos e pacientes, tornando a comunica{\cc}{\~a}o mais eficaz. Os m{\'e}dicos devem estar conscientes da import{\^a}ncia da l{\'i}ngua na comunica{\cc}{\~a}o. A media{\cc}{\~a}o em l{\'i}ngua e comunica{\cc}{\~a}o m{\'e}dicas estabelecem-se entre: o termin{\'o}logo e o especialista do dom{\'i}nio; os especialistas de uma comunidade cient{\'i}fica, a comunidade cient{\'i}fica nacional e internacional, os locutores e os especialistas de um dom{\'i}nio cient{\'i}fico, os profissionais de sa{\'u}de, o m{\'e}dico e o paciente.",
keywords = "empr{\'e}stimo, Neologismo, Mneon{\'i}mia terminol{\'o}gica, Neologismo terminol{\'o}gico, empr{\'e}stimo terminol{\'o}gico",
author = "Contente, {Maria Madalena Dias Marques} and Lino, {Maria Teresa Rijo Fonseca}",
note = "info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147316/PT# UID/LIN/03213/2013.; null ; Conference date: 24-10-2017 Through 28-10-2017",
year = "2017",
language = "Portuguese",
pages = "N/A",
url = "http://simelp.ese.ipsantarem.pt/",

}

Contente, MMDM & Lino, MTRF 2017, 'Neologia Terminológica e Mediação Comunicativa na Língua Médica' Paper presented at VI Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa, Santarém, Portugal, 24/10/17 - 28/10/17, pp. N/A.

Neologia Terminológica e Mediação Comunicativa na Língua Médica. / Contente, Maria Madalena Dias Marques; Lino, Maria Teresa Rijo Fonseca.

2017. N/A Paper presented at VI Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa, Santarém, Portugal.

Research output: Contribution to conferencePaper

TY - CONF

T1 - Neologia Terminológica e Mediação Comunicativa na Língua Médica

AU - Contente, Maria Madalena Dias Marques

AU - Lino, Maria Teresa Rijo Fonseca

N1 - info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147316/PT# UID/LIN/03213/2013.

PY - 2017

Y1 - 2017

N2 - Em Medicina, o termo é transposto de especialidade para especialidade, pelos especialistas da comunidade científica detentores de uma formação idêntica ou de uma especialidade diferente. A extensão de um conceito a outras disciplinas conduz, frequentemente, a uma mudança desse conceito e, por vezes, assistimos à criação de novos conceitos. Consequentemente, no plano da língua, assistimos quer à criação de novas denominações quer a mudanças semânticas que estão na base de vários tipos de neologia semântica. As competências linguísticas e as competências interculturais são muito importantes no quadro das relações entre os profissionais de saúde, e em particular, entre médicos e pacientes, tornando a comunicação mais eficaz. Os médicos devem estar conscientes da importância da língua na comunicação. A mediação em língua e comunicação médicas estabelecem-se entre: o terminólogo e o especialista do domínio; os especialistas de uma comunidade científica, a comunidade científica nacional e internacional, os locutores e os especialistas de um domínio científico, os profissionais de saúde, o médico e o paciente.

AB - Em Medicina, o termo é transposto de especialidade para especialidade, pelos especialistas da comunidade científica detentores de uma formação idêntica ou de uma especialidade diferente. A extensão de um conceito a outras disciplinas conduz, frequentemente, a uma mudança desse conceito e, por vezes, assistimos à criação de novos conceitos. Consequentemente, no plano da língua, assistimos quer à criação de novas denominações quer a mudanças semânticas que estão na base de vários tipos de neologia semântica. As competências linguísticas e as competências interculturais são muito importantes no quadro das relações entre os profissionais de saúde, e em particular, entre médicos e pacientes, tornando a comunicação mais eficaz. Os médicos devem estar conscientes da importância da língua na comunicação. A mediação em língua e comunicação médicas estabelecem-se entre: o terminólogo e o especialista do domínio; os especialistas de uma comunidade científica, a comunidade científica nacional e internacional, os locutores e os especialistas de um domínio científico, os profissionais de saúde, o médico e o paciente.

KW - empréstimo

KW - Neologismo

KW - Mneonímia terminológica

KW - Neologismo terminológico

KW - empréstimo terminológico

M3 - Paper

SP - N/A

ER -

Contente MMDM, Lino MTRF. Neologia Terminológica e Mediação Comunicativa na Língua Médica. 2017. Paper presented at VI Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa, Santarém, Portugal.