More than a half century of malaria research at IHMT = Mais de meio século da investigação de malária no IHMT

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

Malaria is a parasitic infection transmitted by Anopheles mosquitoes. Five species of the genus Plasmodium cause disease in humans: P. vivax, P. malariae, P. ovale, P. knowlesi e P. falciparum being the last, the one that causes most mortality and morbidity. During 1950s and early 1960s, the global eradication of malaria was believed possible, but the suc-cessively implemented eradication programmes failed and eradication was achieved only in Europe and during the 1970’s. As a consequence of the historical presence of Portugal in malaria endemic areas and due to the fact that malaria was also a health problem in Portugal, Portuguese scientists namely from IHMT, had a very relevant role in the study and control of malaria. IHMT kept a regular monitoring of the disease from 1950 onward, mostly in Angola, Mozambique and São Tomé e Príncipe. With end of the colonial rule and with the crea-tion of CMDT in 1992, the study of malaria in IHMT took a more research oriented turn.

A malária é uma infeção parasitária transmitida por mosquitos do género Ano-pheles. Cinco espécies do género Plasmodium causam doença em seres huma-nos: P. vivax, P. malariae, P. ovale, P. knowlesi e P. falciparum sendo o último, aquele que causa maior mortalidade e morbilidade. Durante as décadas de 1950 e 1960, acreditava-se ser possível a erradicação global da malária, mas os progra-mas de erradicação implementados falharam sucessivamente, exceto na Euro-pa onde, durante a década de1970 foi possível declarar erradicada a doença. Como consequência da presença histórica de Portugal em áreas endémicas de malária e devido ao facto de que a malária foi também um problema de saú-de em Portugal continental, cientistas portugueses nomeadamente do IHMT, tiveram um papel muito relevante no estudo e controle da malária. O IHMT manteve uma monitorização regular da doença a partir de 1950 em diante, principalmente em Angola, Moçambique e São Tomé e Príncipe. Com fim do domínio colonial e a criação do CMDT em 1992, o estudo da malária no IHMT torna se mais orientado para a investigação e menos para o controle.
Original languageEnglish
Pages (from-to)7-17
Number of pages11
JournalAnais do Instituto de Higiene e Medicina Tropical
VolumeVol. 13
DOIs
Publication statusPublished - 2014

Keywords

  • Malaria
  • IHMT
  • Antimalarial drug resistance
  • Host parasite interaction
  • Parasite vector interaction
  • Malária
  • Resistência aos antimaláricos
  • Interação parasitahospedeiro
  • Interação parasitavector

Fingerprint Dive into the research topics of 'More than a half century of malaria research at IHMT = Mais de meio século da investigação de malária no IHMT'. Together they form a unique fingerprint.

  • Cite this