Monitorização da utilização recreativa de Espaços Florestais Urbanos através de Informação Geográfica Voluntária: Ensaio aplicado ao Espaço Florestal de Monsanto, Lisboa

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

Com recurso ao serviço de partilha on-line GPSies.com recolheram-se 730 tracks de GPS relativas a 6 actividades recreativas praticadas por utilizadores do Parque Florestal de Monsanto. Os resultados evidenciam a intensidade de utilização destas actividades na área de estudo, provando alguns usos indevidos, ainda que a maioria dos praticantes centre as suas actividades em torno dos equipamentos e da rede viária existente. A metodologia proposta demonstrou a sua validade podendo ser facilmente utilizada para a monitorização de território semelhantes.
Original languageUnknown
Title of host publication‘A JANGADA DE PEDRA’ – Geografias Ibero-Afro-Americanas. Atas do Colóquio Ibérico de Geografia
Place of PublicationGuimarães
PublisherAssociação Portuguesa de Geógrafos e Departamento de Geografia da Universidade do Minho
Pages1529-1534
ISBN (Print)978-972-99436-8-3 / 978-98997394-6-8
Publication statusPublished - 1 Jan 2014

Cite this

Santos , T., Silva, C. M. P. P. D., & Nogueira Mendes, R. M. (2014). Monitorização da utilização recreativa de Espaços Florestais Urbanos através de Informação Geográfica Voluntária: Ensaio aplicado ao Espaço Florestal de Monsanto, Lisboa. In ‘A JANGADA DE PEDRA’ – Geografias Ibero-Afro-Americanas. Atas do Colóquio Ibérico de Geografia (pp. 1529-1534). Guimarães: Associação Portuguesa de Geógrafos e Departamento de Geografia da Universidade do Minho.