Metodologia para a deteção de artefactos luminosos em imagens de retinografia com aplicação em rastreio oftalmológico

Translated title of the contribution: Methodology for image artifacts detection in retinal images with application in ophthalmology screening

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

O diagnóstico automático de doenças da retina baseado em processamento de imagem vê frequentemente a sua precisão comprometida pela dificuldade intrínseca na deteção de estruturas anormais e por deficiências na aquisição de imagem. Em cenários de rastreio, estas deficiências podem levar a que um número significativo de imagens tenham de ser repetidas, implicando custos e ineficiência do sistema. Neste artigo propõe-se uma metodologia que avalia de forma automática a qualidade das imagens captadas possibilitando ao operador repetir a aquisição caso se justifique. O método proposto identifica diferentes tipos de artefactos com base na sua forma, cor e intensidade. Utilizando um conjunto de 61 imagens foi obtida uma sensibilidade de 97% com 0.12 falsos positivos por imagem na deteção do artefacto central e 73% de sensibilidade com 0.36 de falsos positivos para os reflexos luminosos. Estes resultados podem considerar-se positivos tendo em conta a baixa qualidade e a heterogeneidade das imagens processadas.
Translated title of the contributionMethodology for image artifacts detection in retinal images with application in ophthalmology screening
Original languagePortuguese
Pages (from-to)51-63
JournalRISTI : Revista Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação
Volume13
Issue number1
DOIs
Publication statusPublished - Jun 2014

Keywords

  • Automatic classification
  • Image processing
  • Light flares
  • Ophthalmology screening
  • Retinal images

Fingerprint Dive into the research topics of 'Methodology for image artifacts detection in retinal images with application in ophthalmology screening'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this