Medição de processos de colisão eletrónica em Fe XVII de interesse astrofísico

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

2 Downloads (Pure)

Abstract

A análise de espectros de raios-X de alta resolução obtidos em observatórios espaciais requer uma boa compreensão dos processos físicos, nomeadamente os atómicos, que governam a emissão e dinâmica dos plasmas. O complexo de emissão Fe-L de Fe XVII, formado por riscas 3d→2p e 3s→2p, é frequentemente utilizado na referida análise e como diagnóstico de várias propriedades físicas como temperatura, opacidade e densidade do plasma. Neste trabalho, medimos as secções eficazes dos processos de colisão que levam à formação destas riscas, tanto as não-ressoantes (excitação por colisão), como ressoantes (recombinação dieletrónica). Acresce
que os dados experimentais obtidos permitem uma validação dos valores teóricos destes processos atómicos.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)3-12
Number of pages10
JournalMedições e Ensaios
Issue number16
Publication statusPublished - Mar 2022

Keywords

  • Astrofísica em laboratório
  • Física Atómica
  • Recombinação dieletrónica

Cite this