Mecanismos de reformulação no artigo científico

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapterpeer-review

Abstract

Situando-se no âmbito da Linguística do Texto e do Discurso e, em particular, nos estudos relativos ao género de texto, o presente trabalho visa identificar os mecanismos de reformulação no artigo científico, tendo em conta a influência do funcionamento social do género na ocorrência destes mecanismos. Da análise qualitativa à presença e à função dos mecanismos de reformulação a quatro textos escritos em português europeu, inscritos em duas áreas de investigação, concluíram-se quatro aspetos relevantes: 1) os artigos de Ciências Farmacêuticas evidenciam um maior número de marcadores de reformulação; 2) nos artigos de Direito, recorre-se a mecanismos de reformulação peculiares, tais como notas de rodapé, parênteses e siglas; 3) a dependência dos mecanismos de reformulação deve-se não só à inscrição genérica dos textos, mas também às atividades sociais a que o género está associado; 4) os estudos dos mecanismos de reformulação ao nível meso e macrotextual carecem e são necessários.
Original languagePortuguese
Title of host publicationReformular, uma questão de géneros?
EditorsAblalil Driss, Matilde Gonçalves, Fátima Silva
Place of PublicationV. N. Famalicão
PublisherHúmus
Pages243-263
Number of pages20
ISBN (Print)978-989-755-715-6
DOIs
Publication statusPublished - 2021
EventColóquio Internacional Reformuler, une question de genres? Reformular, uma questão de géneros? - Porto, Portugal
Duration: 17 Jun 201918 Jun 2019
https://reformulerporto2019.wordpress.com

Conference

ConferenceColóquio Internacional Reformuler, une question de genres? Reformular, uma questão de géneros?
Country/TerritoryPortugal
CityPorto
Period17/06/1918/06/19
Internet address

Keywords

  • Mecanismos de reformulação
  • Texto
  • Artigo científico
  • Género

Cite this