O bebê e a voz materna: a primeira sonata opus-uterus

Translated title of the contribution: Maternal voice: the first sonata Opus-útero

Eduarda Carvalho, João Manuel Rosado Miranda Justo

Research output: Book/ReportBookpeer-review

Abstract

A voz materna é de importância crucial na investigação da ontogénese da comunicação humana desde o período pré-natal. Estudos empíricos apresentam evidências acerca das reações fetais à voz materna no fim da gestação. Uma revisão bibliográfica foi levada a cabo em bases de dados (EBSCO e WEBSCIENCE) acerca da relação entre a voz materna e o comportamento fetal. Alguns estudos mostram a complexidade do comportamento fetal em resposta à voz materna, sugerindo competências fetais relativamente à discriminação entre a voz materna e outras vozes assim como entre voz materna gravada e voz materna emitida ao vivo. Condições obstétricas e maternas (hipertensão, diabetes, restrição de crescimento fetal e ansiedade materna) parecem limitar a resposta fetal à voz materna. Esperamos com este trabalho encorajar o aprofundamento do conhecimento acerca da importância da voz materna para o desenvolvimento ontogenético fetal assim como para a interação materno-fetal e para os precursores da comunicação humana e da linguagem falada.
Translated title of the contributionMaternal voice: the first sonata Opus-útero
Original languagePortuguese
Place of PublicationSão Paulo
PublisherInstituto Langage
Number of pages96
ISBN (Print)978-65-86160-05-5
Publication statusPublished - 2020

Keywords

  • Voz materna
  • Comportamento fetal
  • Condições obstétricas
  • Resposta fetal cardíaca
  • Resposta fetal motora
  • Resposta cerebral fetal
  • Maternal voice
  • Fetal behavior
  • Cardiac fetal response
  • Motor fetal response
  • Brain fetal response
  • Obstetric conditions

Fingerprint

Dive into the research topics of 'Maternal voice: the first sonata Opus-útero'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this