Jovens (sub) urbanos: o impacto do hip hop na produção de identidades sociais

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Abstract

O presente artigo pretende analisar a relação entre um segmento populacional específico de um bairro de habitação social - os jovens do Bairro Amarelo/Almada - e uma manifestação cultural e/ou política - o hip hop. Num primeiro momento problematiza a noção de juventude e analisa a pertinência dessa categorização para a análise do social e, num segundo momento, introduz o fenómeno do hip hop pensando como este se pode constituir como ferramenta de construção identitária. Alicerçado na observação de terreno de um bairro de habitação social da Área Metropolitana de Lisboa, procurará, então, perceber, no caso concreto, como é que um fenómeno cultural se reveste de cambiantes políticas e de reivindicação identitária no caso de jovens (sub)urbanos.
Original languageUnknown
Pages (from-to)65-72
JournalForum Sociológico
Volume21
Issue numberNA
Publication statusPublished - 1 Jan 2011

Cite this