José da Cunha Brochado: de secretário de embaixada a embaixador extraordinário

Research output: Contribution to journalArticle

56 Downloads (Pure)

Abstract

Neste artigo, serão apresentados alguns aspectos da trajetória de José da Cunha Brochado, um dos mais proeminentes indivíduos do
cenário político da história de Portugal nos séculos XVII e XVIII. Iniciou seu percurso no palco das relações internacionais na qualidade
de secretário de embaixada de D. Luís Álvares de Castro, segundo marquês de Cascais entre 1695-1704 em Paris. Em suas cartas
e memórias, Brochado revelou não somente aspectos relacionados com a vida na corte, mas com o comportamento adotado por D. Luís Álvares de Castro. Percebe-se que a estada nas cortes europeias demandava não somente conhecimento político, mas também habilidade para circular nos mais diferentes ambientes e conviver com hábitos sociais e culturais bastante distintos, características essas que Brochado acreditava ter.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)72-87
Number of pages16
JournalTempo-Niteroi
Volume22
Issue number39
DOIs
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • Diplomacia
  • José da Cunha Brochado
  • Portugal

Cite this