Itinerários à luz da Sociologia Pragmática: O que os lugares comuns trazem à comunalidade escolar

Translated title of the contribution: Itineraries through Pragmatic Sociology: What common places bring to school commonality

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

110 Downloads (Pure)

Abstract

Este texto traça um roteiro do processo de escolarização em Portugal, de suas políticas e atores, através de um itinerário de pesquisas que teve início em finais dos anos 1990 e que anima em grande medidao programa sociológico dos seus autores atualmente. Privilegiando as metamorfoses da profissão docente, num arco temporal alargado (de 1926 até hoje), mobiliza-se uma diversidade de projetos e de dados de campo coletados a partir de diferentes registros (inquérito, entrevista, documentação, observação direta) para dar conta dos mundos compósitos da atividade docente. Focando a análise no trabalho de qualificação de si, dos outros e dos problemas que os interpelam, enfatizam-se as operações críticas que os professores realizam para engrandecer suas concepções (justas) sobre a escola e os regimes de envolvimento que acionam para se ajustarem às situações mais ou menos controversas da vida escolar. Através desse olhar pragmático atento às diferentes tessituras do comum na
escola, pretende-se ilustrar a pluralidade de mundos que compõem a escola pública contemporânea.
Translated title of the contributionItineraries through Pragmatic Sociology: What common places bring to school commonality
Original languagePortuguese
Pages (from-to)198-235
Number of pages37
JournalTerceiro Milênio: Revista Crítica de Sociologia e Política
Volume6
Issue number1
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • escola pública
  • atividade docente
  • qualificações escolares
  • crítica e envolvimento

Fingerprint

Dive into the research topics of 'Itineraries through Pragmatic Sociology: What common places bring to school commonality'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this