Interação Vocal em Díades Pré-Termo na Condição da fala vs. canto materno: O Emergir da Musicalidade Comunicativa Neonatal

Maria Eduarda Salgado Carvalho, João Manuel Rosado Miranda Justo, Helena Rodrigues

Research output: Contribution to journalConference article

16 Downloads (Pure)

Abstract

Introdução: o bebé humano nasce com a predisposição inata para apreender as intenções do outro e envolver-se em trocas recíprocas contingentes. Este estudo pretende contribuir para a evidência científica acerca da teoria da musicalidade comunicativa neonatal. Método: realizámos um estudo quantitativo de microanálise acerca da estrutura temporal das interações vocais registadas em vídeo numa amostra de 36 díades pré-termo durante as condições da fala vs. canto. Resultados: observamos uma diminuição de vocalizações dos bebés durante a produção da fala ou do canto materno, comparativamente à condição de ausência da voz materna; as vocalizações dos bebés durante o canto materno emergem simultaneamente às frases musicais do canto enquanto as respostas vocais dos bebés na condição da fala emergem sobretudo nas pausas alternantes do discurso materno. Conclusão: a musicalidade comunicativa neonatal parece ser evidenciada em ambas as condições observadas, embora com características temporárias distintas de simultaneidade na condição do canto e de alternância na condição da fala.


Introduction: The infant is born with the innate predisposition to apprehend the intentions of the other and to engage in contingent reciprocal exchanges. This study aims to contribute to the scientific evidence about the theory of neonatal communicative musicality. Method: We performed a quantitative microanalysis study about the temporal structure of the vocal interactions recorded in a sample of 36 preterm dyads during the speech conditions vs. singing condition. Results: we observed a decrease in the vocalizations of the infants during the speech or singing, compared to the condition of absence of maternal voice; The infant’s vocalizations during the maternal singing emerge simultaneously to the musical phrases of singing while the vocal responses of the infants in the speech condition emerge mainly in the alternating pauses of the maternal speech. Conclusion:
neonatal communicative musicality seems to be evidenced in both conditions observed, although with distinct temporal characteristics of simultaneity in singing and alternating condition in the speech condition.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)471-478
Number of pages8
JournalRevista INFAD de Psicologia
Volume1
Issue number4
Publication statusPublished - Jun 2019
EventXXVI Congresso Internacional de Psicologia, INFAD - Universidade de Salamanca, Salamanca, Spain
Duration: 13 Jun 201913 Jun 2019

Keywords

  • Prematuridade
  • Interação vocal
  • Fala
  • Canto
  • Musicalidade comunicativa
  • Prematurity
  • Vocal interaction
  • Speech
  • Singing
  • Communicative musicality

Cite this