Indicadores para o gerenciamento de faculdades: um estudo de dois casos na Espanha

Translated title of the contribution: Indicators for the management of powers: a study of two cases in Spain

Jair Antonio Fagundes, Cristina Crespo Soler, Vicente Ripoll Feliu, Leonor Fernandes Ferreira

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Abstract

O objetivo deste artigo é explorar os indicadores para fazer o gerenciamento de duas faculdades privadas na Espanha. Fez-se a coleta de dados através de entrevista, observação direta por parte dos pesquisadores e análises de documentos internos das instituições de ensino. Ao final foi possível identificar os indicadores de gerenciamento, financeiros e não financeiros, de acordo com as quatro perspectivas do Quadro de Comando Integral (CMI, por sua sigla em espanhol). Conclui-se que o caso 01 utiliza 34 indicadores, sendo 12 financeiros, 10 relacionados com os clientes, 10 da perspectiva interna e somente 2 vinculados ao desenvolvimento pessoal; no caso 02, utilizam-se 41 indicadores, sendo 10 financeiros, 11 dos clientes, 11 dos processos internos e 9 relacionados com o desenvolvimento pessoal. Estes resultados estão alinhados com os resultados obtidos em outras pesquisas de nível internacional.
Translated title of the contributionIndicators for the management of powers: a study of two cases in Spain
Original languagePortuguese
Pages (from-to)109-121
JournalRevista Facultad de Ciencias Económicas: Investigación y Reflexión
VolumeXXIII
Issue number2
Publication statusPublished - 2015

Keywords

  • Indicadores de gerenciamento
  • Faculdades
  • Quadro de comando intergral
  • Espanha

Fingerprint

Dive into the research topics of 'Indicators for the management of powers: a study of two cases in Spain'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this