Incorporações de azulejos pela Academia de Belas Artes no século XIX: a aquisição do Grande Panorama de Lisboa

Research output: Contribution to journalConference article

14 Downloads (Pure)

Abstract

Empenhado em enriquecer e diversificar o acervo da Academia de Belas Artes de Lisboa, o seu vice-inspector, marquês de Sousa Holstein, procurou incorporar objectos nos diferentes domínios das artes decorativas, no intuito de formar um núcleo museológico especifico. A azulejaria não escapou aos seus interesses e é nesse contexto que ocorre a entrada nas colecções nacionais de um emblemático painel produzido entre nós, o Grande panorama de Lisboa, cuja aquisição se revestiu de um processo algo rocambolesco dado a conhecer no presente texto.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)109-121
Number of pages13
JournalRevista de História da Arte
Issue number11
Publication statusPublished - 2014
EventI Encontro sobre Património Azulejar
: o Azulejo e a Cidade
- Teatro Aberto, Lisboa, Portugal
Duration: 25 Nov 201125 Nov 2011
Conference number: 1

Cite this