NO ALEPH. Notas a propósito de uma investigação sobre o Serviço ACARTE da Fundação Calouste Gulbenkian - 1984/1989

Translated title of the contribution: In the ALEPH: Notes about a research on Calouste Gulbenkian Foundation ACARTE Service (1984-1989)

Research output: Contribution to journalReview article

1 Citation (Scopus)

Abstract

NO ALEPH reúne um conjunto de notas a propósito de uma investigação sobre o Serviço de Animação, Criação Artística e Educação pela Arte/ ACARTE da Fundação Calouste Gulbenkian – 1984/1989, direcção de Madalena Perdigão. Fragmentário, o texto salta da análise de um certo esgotamento da ideia de futuro, para as múltiplas aberturas de um Abril que tanto aparece comprimido como distendido no tempo, projectando-se em arcos cronológicos mais longos. Este é o caso do Complexo Gulbenkian, à Av. de Berna, em Lisboa, onde se insere o CAM e o ACARTE. Com uma actividade serial característica de um museu onde séries de eventos se sucedem e parte integrante de um tipo de sociabilidade emergente, propõe-se um entendimento do ACARTE no cruzamento das noções de heterotopia e complexo exibicionário, usando como imagem o Aleph de Jorge Luís Borges.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)63-89
Number of pages27
JournalLer Historia
Volume67
DOIs
Publication statusPublished - 1 Jan 2014

Keywords

  • museu
  • anos 80
  • Gulbenkian
  • moderno

Fingerprint Dive into the research topics of 'In the ALEPH: Notes about a research on Calouste Gulbenkian Foundation ACARTE Service (1984-1989)'. Together they form a unique fingerprint.

  • Cite this