Comentário aos Livros de Reis, de Rábano Mauro: Um manual ajustado ao soberano cristão

Translated title of the contribution: Hrabanus Maurus' Commentary on the Books of Kings: Manual for Christian monarchs

Research output: Contribution to journalArticle

56 Downloads (Pure)

Abstract

O Comentário aos Livros de Reis de Rábano Mauro (oferecido em 823 ao Imperador Luís o Pio), uma compilação e reflexão sobre o livro bíblico de Reis, foi, em várias ocasiões históricas, descrito como uma obra que apenas colige passagens bíblicas e patrísticas, sem qualquer originalidade. Neste artigo, apresentar-se-á uma reflexão sobre as motivações para a redacção do texto enquadrado na tradição comentarista carolíngia, para assim mostrar como a sua natureza antológica não pode ser alvo de uma abordagem simples e redutora, uma vez que integra um projecto complexo que se quer afirmar como um novo modo de trabalhar o texto bíblico. Um novo modo que mostrava preocupação com o passado, mas também com a sua transmissão futura. E é justamente assumindo o trabalho exegético como um campo de transmissão e fertilização da leitura, como legado, que na segunda parte se fará uma breve apresentação dos dois Comentários aos Livros dos Reis de Rábano Mauro, iluminados, que integram fundos portugueses. Conclui-se, por fim, com uma observação sobre as relações entre a obra e as circunstâncias políticas coevas do autor, designadamente o período de instabilidade governativa de Luís o Pio. Pretende-se sugerir, na senda de Chevalier- -Royet (2009: 153-154), que Rábano propõe não só a releitura do texto bíblico adaptada ao seu próprio período mas também, e a partir daqui, a constituição de um manual de conduta para o monarca cristão.

Hrabanus Maurus' Commentary on the Books of Kings, a compilation of reflections on the Books of Kings, was described on several historical occasions as a mere coalition of biblical and Patristic passages without any individual originality. This article aims to reflect on the motivations for the composition of this work within the broader Carolingian tradition of biblical commentaries. It tries therefore to expose how its anthological nature is not subject to any simplistic or reductive approach, since the work is part of a complex and new project of working the biblical text. This new approach revealed not only a profound interest on the past, but also a strong concern over its future textual transmission. It is precisely by dealing with the exegetical work as a reading legacy enriched in each new reception context, that the second section of this article features a brief reflection on the two illuminated Hrabanus’ Commentaries on the Books of Kings part of Portuguese collections. We finally conclude with some observations on the relationship between the work and the prevailing political circumstances of the author, namely the instability period of the Louis the Pious reign. This aims to convey, following Chevalier-Royet (2009: 153- 154), how Hrabanus’ Commentary proposed not only a reinterpretation of the biblical text adapted to his own times, but also the composition of a behavior manual for Christian monarchs.
Translated title of the contributionHrabanus Maurus' Commentary on the Books of Kings: Manual for Christian monarchs
Original languagePortuguese
Article number3
Pages (from-to)8-15
Number of pages7
JournalInvenire: Revista de Bens Culturais da Igreja
Issue numberNúmero Especial 2015
Publication statusPublished - 15 Sep 2015

Keywords

  • Livros de Reis
  • Rábano Mauro
  • Soberanos Cristãos

Fingerprint Dive into the research topics of 'Hrabanus Maurus' Commentary on the Books of Kings: Manual for Christian monarchs'. Together they form a unique fingerprint.

  • Cite this