Como compreender e estudar a decisão em política externa: reinterpretando os clássicos

Translated title of the contribution: How to understand and study the decision in foreign policy: reinterpreting the classics

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

Este artigo apresenta os principais argumentos epistemológicos e metodológicos que estão na origem da afirmação do sub-field da Análise da Política Externa (APE). Traça uma breve panorâmica do desenvolvimento da APE e propõe um quadro analítico eclético para uma melhor compreensão da decisão em política externa. O artigo tem quatro objetivos principais. Em primeiro lugar, procura identificar quais são os elementos teórico-analíticos básicos para compreendermos a política externa dos Estados. Em segundo lugar, desenvolve uma discussão sobre qual a melhor forma de utilizar as abordagens teóricas para a investigação e realização de trabalhos científicos sobre a política externa dos Estados. Em terceiro lugar, apresenta um modelo geral da APE baseado em três fatores fundamentais: os fatores internos, os fatores internacionais e os fatores ideológicos e preceptivos. Finalmente, pretende contribuir para o desenvolvimento de uma maior cultura científica sobre as abordagens da APE e estimular o debate relativo à acumulação de conhecimento teórico-metodológico sobre como contar melhores histórias sobre o comportamento internacional dos Estados.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)08-36
Number of pages29
JournalBrazilian Journal of International Relations
Volume6
Issue number1
Publication statusPublished - 2017

Keywords

  • Análise da Política Externa (APE)
  • Decisão
  • Fatores ideacionais
  • Adaptação
  • Modelos da APE

Fingerprint Dive into the research topics of 'How to understand and study the decision in foreign policy: reinterpreting the classics'. Together they form a unique fingerprint.

  • Cite this