Herança sufixal: os sufixos -ático, -ádig- (-ádeg-) e -agem

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

48 Downloads (Pure)

Abstract

Neste breve artigo, procurarei mostrar que -agem é, em português, o herdeiro sobrevivente do sufixo latino ‑atĭcu‑, do qual também descenderam -átic‑ e -ádig- (‑ádeg‑), discutindo a não possibilidade de ocorrência de sufixos isofuncionais, sobretudo nos casos em apreço, em que os sufixos têm a mesma origem etimológica, e apontando algumas causas que terão contribuído para a improdutividade de -ádig- (-ádeg-).
Original languagePortuguese
Pages (from-to)53-68
Number of pages16
JournalRevista Galega de Filoloxía
Volume15
Issue numberNA
Publication statusPublished - 1 Jan 2014

Keywords

  • Sufixação
  • Nominalização
  • Produtividade
  • Gramáticas Históricas do Português

Cite this