Habitar na Alcácer Ceguer portuguesa (Marrocos): Dois casos de apropriação de espaço doméstico islâmico nos séculos XV e XVI

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

5 Downloads (Pure)

Abstract

Alcácer Ceguer (Ksar Seghir) é um sítio arqueológico com ocupação medieval islâmica, cuja cronologia de fundação é ainda incerta, a que se sucedeu cerca de um século de permanência portuguesa, entre 1458 e 1550. O local ficou depois abandonado, conservando no subsolo vestígios destas épocas, resgatados para o conhecimento por uma equipa dirigida por Charles Redman, nas décadas de 1970-1980.
Neste trabalho estudamos dois conjuntos de casas portuguesas de Alcácer Ceguer, a partir dos dados daquela missão e da que temos vindo a desenvolver neste sítio. Procura-se indagar acerca da apropriação do espaço doméstico preexistente por parte dos portugueses, sobretudo tendo em contas as habitações de época merínida existentes à sua chegada. Reflecte-se, também, sobre as transformações operadas na arquitectura durante o período de ocupação cristã, comparando-a com a casa corrente portuguesa desta época. Faz-se uma análise das estruturas arquitectónicas remanescentes nos diferentes níveis de ocupação, avaliando rupturas e continuidades ao nível do tipo de construção, dos materiais e técnicas utilizadas e da concepção dos espaços, integrando-os na dinâmica de evolução urbana.
Original languagePortuguese
Title of host publicationCongreso Internacional Ceuta, 1415
Subtitle of host publicationLos orígenes de la expansión europea
EditorsFernando Villada Paredes, Rocío Valriberas Acevedo, Joana Bento Torres
Place of PublicationCeuta
PublisherInstituto de Estudios Ceutíes
Chapter4
Pages9-39
Number of pages30
Volume2
ISBN (Print)978-84-16595-78-5
Publication statusPublished - 2020
EventCongreso Internacional Ceuta, 1415 - Ceutas, Spain
Duration: 1 Oct 20153 Oct 2015

Conference

ConferenceCongreso Internacional Ceuta, 1415
CountrySpain
CityCeutas
Period1/10/153/10/15

Cite this