Guilherme de Melo e Fernando Farinha: dois repórteres portugueses ultramarinos na cobertura jornalística da guerra colonial

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

Este artigo centra-se no período entre 1961 e 1974 e analisa a cobertura jornalística da Guerra Colonial feita por dois profissionais da imprensa portuguesa ultramarina: Guilherme de Melo e Fernando Farinha. Guilherme de Melo reportou a guerra ao serviço do jornal diário Notícias, de Lourenço Marques (hoje, Maputo), e Fernando Farinha deu a conhecer o conflito através do jornal diário O Comércio e da revista semanal Notícia, de Luanda.
Original languagePortuguese
Title of host publicationDe Oriente a Ocidente
Subtitle of host publicationestudos da Associação Internacional de Lusitanistas
EditorsCláudia Pazos Alonso, Vincenzo Russo, Roberto Vecchi, Carlos Ascenso André
Place of PublicationCoimbra
PublisherANGELUS NOVUS, EDITORA
Pages265-285
Number of pages20
Volume3
ISBN (Print)978-972-8827-94-6
Publication statusPublished - 2019

Publication series

NameEstudos da AIL sobre África

Keywords

  • Guilherme de Melo
  • Fernando Farinha
  • Repórteres Portugueses
  • Guerra Colonial
  • Cobertura jornalística

Cite this

Torres, S. M. M. (2019). Guilherme de Melo e Fernando Farinha: dois repórteres portugueses ultramarinos na cobertura jornalística da guerra colonial. In C. P. Alonso, V. Russo, R. Vecchi, & C. A. André (Eds.), De Oriente a Ocidente: estudos da Associação Internacional de Lusitanistas (Vol. 3, pp. 265-285). (Estudos da AIL sobre África). Coimbra: ANGELUS NOVUS, EDITORA.