Gil Vicente no século XX: contextos, causas e consequências de âmbito musical

Research output: Contribution to conferenceAbstract

Abstract

Gil Vicente é um nome recorrente no catálogo de compositores portugueses ao longo do século XX, de Augusto Machado a Ruy Coelho, passando por Hermínio do Nascimento, Joly Braga Santos e Fernando Lopes-Graça, entre outros, e sob a sua égide compuseram-se várias partituras, dentre as quais algumas óperas estreadas no Teatro Nacional de São Carlos entre 1950 e 1971. Com o presente trabalho pretende-se fazer um levantamento exaustivo das obras escritas a partir de Gil Vicente, contextualizar este fenómeno ímpar e reflectir sobre o desenvolvimento do imaginário vicentino desde a sua descoberta moderna até à sua canonização política enquanto instrumento de construção identitária.
Original languagePortuguese
Publication statusPublished - 2016
EventV Seminário Música, Teoria Crítica e Comunicação - FCSH/NOVA, Lisboa, Portugal
Duration: 28 Apr 201614 Jul 2016

Seminar

SeminarV Seminário Música, Teoria Crítica e Comunicação
Abbreviated titleV MTCC
CountryPortugal
CityLisboa
Period28/04/1614/07/16

Keywords

  • vicentismo
  • nacionalismo
  • medievalismo
  • ópera
  • canonização

Cite this