Génese e Institucionalização de Uma Experiência Eremítica: Da «Pobre Vida» à Congregação da Serra de Ossa (1366-1510)

Research output: Book/ReportBook

Abstract

A busca da solidão e do retiro do mundo começou cedo no cristianismo, tida como uma opção mais radical e perfeita de seguir a Cristo. Muitas vezes, o despoletar do eremitismo revelou-se também como uma forma de contestação. Por estar aberta tanto a leigos como a clérigos, tanto a homens como a mulheres, mas por denunciar, também, o que constituía uma vida cristã instalada, demasiado comprometida com o mundo, com a riqueza e com o poder. O movimento eremítico que aqui se estuda, que se desenvolveu no Sul de Portugal e que daria origem à Congregação dos Eremitas de São Paulo da Serra de Ossa, atesta a vitalidade e capacidade de atração da vida solitária sobre os homens dos finais da Idade Média. (Da contracapa) A coleção Estudos de Religião, coordenada pelo Centro de Investigação em Teologia e Estudos de Religião da Universidade Católica Portuguesa, acolhe estudos e ensaios multidisciplinares sobre as religiões e as dimensões religiosas da cultura.
Original languagePortuguese
Place of PublicationLisboa
PublisherImprensa Nacional - Casa da Moeda
Number of pages584
ISBN (Print)978-972-27-2881-2
Publication statusPublished - Mar 2021

Keywords

  • Eremitismo
  • História
  • Serra de Ossa
  • Portugal
  • Séculos XV e XVII

UN Sustainable Development Goals (SDGs)

  • SDG 4 - Quality Education

Cite this