Do gesto antropo-lógico à vitória dos possuídos

Obituário de Georges Balandier 1920-2016

Translated title of the contribution: From the Anthropo-logical Gesture to the Victory of the Possessed: Obituary of Georges Balandier 1920-2016

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

Georges Balandier partiu em comunhão com tendências expressivas da antropologia, disciplina que sempre considerou sua, chamando-lhe também etnologia. Pode ser considerado um visionário da viragem para a história e para as questões de poder na teoria social pós-colonial, tanto mais que uma parte fundamental, constitutiva, da sua obra, foi o resultado de experiências de terreno levadas a cabo na África ainda colonial, procurando uma experiência de rutura que o subtraísse a uma Europa em ruína, no imediato rescaldo da Segunda Guerra Mundial.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)1031-1035
Number of pages5
JournalAnálise Social
Volume221
Issue number51
Publication statusPublished - 2016

Cite this

@article{1839a948981f4119a38053d05669ec8d,
title = "Do gesto antropo-l{\'o}gico {\`a} vit{\'o}ria dos possu{\'i}dos: Obitu{\'a}rio de Georges Balandier 1920-2016",
abstract = "Georges Balandier partiu em comunh{\~a}o com tend{\^e}ncias expressivas da antropologia, disciplina que sempre considerou sua, chamando-lhe tamb{\'e}m etnologia. Pode ser considerado um vision{\'a}rio da viragem para a hist{\'o}ria e para as quest{\~o}es de poder na teoria social p{\'o}s-colonial, tanto mais que uma parte fundamental, constitutiva, da sua obra, foi o resultado de experi{\^e}ncias de terreno levadas a cabo na {\'A}frica ainda colonial, procurando uma experi{\^e}ncia de rutura que o subtra{\'i}sse a uma Europa em ru{\'i}na, no imediato rescaldo da Segunda Guerra Mundial.",
author = "Rosa, {Frederico Delgado}",
note = "info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147310/PT# UID/ANT/04038/2013",
year = "2016",
language = "Portuguese",
volume = "221",
pages = "1031--1035",
journal = "An{\'a}lise Social",
issn = "2182-2999",
publisher = "Instituto de Ci{\^e}ncias Sociais da Universidade de Lisboa",
number = "51",

}

Do gesto antropo-lógico à vitória dos possuídos : Obituário de Georges Balandier 1920-2016. / Rosa, Frederico Delgado.

In: Análise Social, Vol. 221, No. 51, 2016, p. 1031-1035.

Research output: Contribution to journalArticle

TY - JOUR

T1 - Do gesto antropo-lógico à vitória dos possuídos

T2 - Obituário de Georges Balandier 1920-2016

AU - Rosa, Frederico Delgado

N1 - info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147310/PT# UID/ANT/04038/2013

PY - 2016

Y1 - 2016

N2 - Georges Balandier partiu em comunhão com tendências expressivas da antropologia, disciplina que sempre considerou sua, chamando-lhe também etnologia. Pode ser considerado um visionário da viragem para a história e para as questões de poder na teoria social pós-colonial, tanto mais que uma parte fundamental, constitutiva, da sua obra, foi o resultado de experiências de terreno levadas a cabo na África ainda colonial, procurando uma experiência de rutura que o subtraísse a uma Europa em ruína, no imediato rescaldo da Segunda Guerra Mundial.

AB - Georges Balandier partiu em comunhão com tendências expressivas da antropologia, disciplina que sempre considerou sua, chamando-lhe também etnologia. Pode ser considerado um visionário da viragem para a história e para as questões de poder na teoria social pós-colonial, tanto mais que uma parte fundamental, constitutiva, da sua obra, foi o resultado de experiências de terreno levadas a cabo na África ainda colonial, procurando uma experiência de rutura que o subtraísse a uma Europa em ruína, no imediato rescaldo da Segunda Guerra Mundial.

M3 - Article

VL - 221

SP - 1031

EP - 1035

JO - Análise Social

JF - Análise Social

SN - 2182-2999

IS - 51

ER -