Floridos años, tiempos màs propícios: modos de ver melhor a iconografia Musical na pintura de Bento Coelho da Silveira (ca. 1620-1708)

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

55 Downloads (Pure)

Abstract

O trabalho de levantamento nacional in situ, estudo e disseminação de motivos musicais na pintura retabular quatrocentista e quinhentista portuguesa, e de outras com ligações a Portugal, leva-nos a fazer um exercício melhorado na pintura seiscentista e a reunir um corpus significativo de fontes primárias em suporte pétreo, madeira, tela, tecido e cobre,entre elas as dadas ou atribuídas ao poeta e pintor lisboeta Bento Coelho da Silveira (ca.1620 - 1708) e sua oficina. O que nos revelam as imagens de música na pintura de Bento Coelho agora levantadas e analisadas in situ ? Que instrumentos musicais estão representados ? Quais os instrumentos musicais mais representados ? Que fontes e modelos poderão ter sido usados na sua representação ? Estaremos perante práticas musicais coetâneas ?
Original languagePortuguese
Title of host publicationIconografia Musical
Subtitle of host publicationOrganologia, Constructores e Prática Musical em Diálogo
EditorsSónia Duarte, Luzia Rocha
Place of PublicationLisbon
PublisherNIM/CESEM
Pages58-77
Number of pages19
Volume3
ISBN (Print)978-989-99975-7-8
Publication statusPublished - 2017

Cite this

Duarte, S. (2017). Floridos años, tiempos màs propícios: modos de ver melhor a iconografia Musical na pintura de Bento Coelho da Silveira (ca. 1620-1708). In S. Duarte, & L. Rocha (Eds.), Iconografia Musical: Organologia, Constructores e Prática Musical em Diálogo (Vol. 3, pp. 58-77). NIM/CESEM.