Fernando Pessoa leitor de Schopenhauer e o problema do livre arbítrio

Nuno Ribeiro, Cláudia Franco Souza

Research output: Contribution to journalArticle

5 Downloads (Pure)

Abstract

O presente artigo visa elucidar as relações entre Fernando Pessoa, Schopenhauer e a questão do livre arbítrio, tendo por base a leitura que o autor português fez da obra schopenhaueriana. Com efeito, ao longo dos escritos de Pessoa encontramos múltiplos testemunhos da leitura que o poeta e pensador português fez do pensamento schopenhaueriano. Um importante indício para o estudo da reapropriação pessoana do pensamento de Schopenhauer constata-se, desde logo, na Biblioteca Particular de Fernando Pessoa, onde encontramos uma tradução francesa do texto Über die Freiheit des menschlichen Willens [Sobre a liberdade da vontade] de Schopenhauer. A leitura deste livro viria a ocasionar a produção de uma multiplicidade de escritos filosóficos que Fernando Pessoa atribui a duas das suas personalidades literárias fictícias inglesas do universo pré-heteronímico: Charles Robert Anon e Alexander Search. Assim, tendo por base todos estes indícios, pretendemos mostrar o impacto da leitura de Schopenhauer no universo literário pessoano.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)529-539
Number of pages11
JournalVoluntas: Revista Internacional de Filosofia
Volume11
Issue number2
DOIs
Publication statusPublished - 2020

Keywords

  • Fernando Pessoa
  • Schopenhauer
  • Livre-arbítrio
  • pré-heterónimos

Cite this