Fainas Marítimas – O Ser e o Movimento

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

A pintura de Adriano de Sousa Lopes (1879-1944) desperta-nos para uma tripla experiência nas áreas costeiras: a dos espaços que vão do vazio à ocupação plena; a da busca e estudo dos efeitos da luminosidade nas superfícies e no ambiente; a dos movimentos de pessoas e embarcações. Defendo que essa experiência se realiza através de um exercício de transfiguração da realidade: os marítimos e os barcos emergem como se fossem atos da criação de um ser a partir de massas em mutação, de matérias em estádio informe e irreal, que prolongam as vagas, as areias e a atmosfera. Tais fenómenos telúricos, o movimento de pessoas e embarcações, são a matéria-prima dos seus trabalhos e a base de imagens de um enigmatismo subtil.
Original languagePortuguese
Title of host publicationAdriano de Sousa Lopes (1879-1944) - Efeitos de Luz
Place of PublicationLisboa
PublisherINCM - Imprensa Nacional Casa da Moeda
Pages151-184
Number of pages33
ISBN (Print)9789727764655
Publication statusPublished - 2015

Keywords

  • Transfiguração
  • Movimento
  • Humanismo

Cite this

Martins, L. M. M. S. (2015). Fainas Marítimas – O Ser e o Movimento. In Adriano de Sousa Lopes (1879-1944) - Efeitos de Luz (pp. 151-184). Lisboa: INCM - Imprensa Nacional Casa da Moeda.