Expresión portuguesa y cultura globalizada

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

Este artigo aborda a diversidade cultural e a forma como a literatura pode contribuir para a sua aceitação. A perceção da diferença baseada na raça tem sido substituída em muitas sociedades pela diferença baseada na cultura, o que aparentemente poderia contribuir para esbater algumas atitudes de exclusão entre grupos sociais mas tal não acontece em muitos casos. Tomando como referência a língua e cultura portuguesa e a sua difusão em quatro continentes, Europa, África, Ásia e América, refletimos sobre a questão a partir de alguns textos literários de origem portuguesa, brasileira e africana: o livro português de banda desenhada Histórias da Raia (2002), com texto e desenho de Hermínio Felizardo (sobre situações de contrabando entre Portugal e Espanha); reescritas de contos tradicionais portugueses por António Torrrado; O Beijo da Palavrinha (2008) e A Chuva Pasmada (2004), do escritor moçambicano Mia Couto; e dos escritores brasileiros Cléo Busatto, Paiquerê, o paraíso dos Kaingang (2007) e Ruth Rocha, A Arca de Noé (1993).
São analisados hábitos e rituais dos grupos sociais referidos no universo de cada história, linguagem e gíria, numa tentativa de demnstrar que o sentimento de periferia não tem de ser um estigma e pode corresponder a uma identidade a valoriza
Original languageSpanish
Title of host publicationLectura, arte y patrimonio
Subtitle of host publicationrediseñando redes
EditorsMiguel Rettenmaier , Tania Rösing
Place of PublicationPasso Fundo
PublisherUniversidade de Passo Fundo
Pages215-235
Number of pages20
ISBN (Print)9788575159064
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • Diversidade cultural
  • Literatura
  • Identidades locais
  • Respeito pela diferença

Cite this

Pires, M. N. C. (2016). Expresión portuguesa y cultura globalizada. In M. Rettenmaier , & T. Rösing (Eds.), Lectura, arte y patrimonio: rediseñando redes (pp. 215-235). Passo Fundo: Universidade de Passo Fundo.