O experimentalismo como invenção, transgressão e metamorfose

Translated title of the contribution: Experimentalism as invention, transgression and metamorphosis. The PO.EX revisited through PO-EX.net

Rui Torres, Álvaro Seiça

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

1 Citation (Scopus)

Abstract

O experimentalismo português iniciou-se na década de 1960, com um propósito comum de conferir ao acto poético valores artísticos, políticos e sociológicos assentes numa ruptura de vanguarda. O presente ensaio situa a intervenção experimental como invenção, transgressão e metamorfose, visto que perpassa as obras dos autores de "Poesia Experimental" e, mais tarde, de um novo conjunto de autores que exploraram a poesia visual, sonora, digital e a performance. Através do arquivo Po-ex.net, que documenta e dissemina o seu estudo, traçam-se dois itinerários, revisitando algumas das obras com carácter interventivo e transformativo, desde os anos 1960 até à actualidade.
Translated title of the contributionExperimentalism as invention, transgression and metamorphosis. The PO.EX revisited through PO-EX.net
Original languagePortuguese
Pages (from-to)9-17
Number of pages9
JournalColoquio-Letras
Issue number193
Publication statusPublished - 1 Sep 2016

Fingerprint

Dive into the research topics of 'Experimentalism as invention, transgression and metamorphosis. The PO.EX revisited through PO-EX.net'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this