Estudos interpretativos sobre música portuguesa contemporânea para piano: o caso particular da música evocativa de elementos culturais portugueses

Research output: ThesisDoctoral Thesis

Abstract

O processo construtivo da interpretação de dez peças contemporâneas portuguesas para piano que evocam elementos extra-musicais referentes à cultura portuguesa é o cerne desta investigação. O seu corpus de trabalho é constituído por Lume de Chão (2003 - 2004) de Amílcar Vasques-Dias, terras por detrás dos montes (2011) de Carlos Marecos, L’aire de l campo (2003) de Eurico Carrapatoso, Variações sobre o Coro da Primavera (2000) de Fernando Lapa, Viagens na Minha Terra (1953 - 1954) de Fernando Lopes-Graça, Fogo Posto (2011) de João Godinho, Para EBowed-Piano, Melódica e Field Recordings (2015) de Tiago Cutileiro e pelas versões para piano dos fados Homem na Cidade, Barco Negro e Talvez se chame saudade da autoria, respectivamente, de Vasco Mendonça, João Madureira e Pedro Faria Gomes, realizadas em 2007. A metodologia, assente na identificação, análise e confrontação dos elementos extra-musicais com a música neles inspirados, mostra, primeiramente, de que forma os compositores incorporaram essas referências nas suas peças, para depois averiguar como o contacto com as fontes originais influencia a interpretação musical. Nestas obras encontram-se referências a Portugal ao nível da geografia, da literatura, da música tradicional, da música de intervenção, do fado ou das tradições populares. Ainda que haja diversos graus de referência e impacto na interpretação, defende-se que o estabelecimento de pontes com os elementos culturais portugueses que inspiraram a criação destas obras é um elemento distintivo na interpretação ao piano. Este tipo de abordagem teve influência em escolhas de carácter, expressividade, tempo, articulação e dinâmicas na interpretação das peças; Performance studies on Portuguese contemporary music for piano: the particular case of evocative music of elements of the Portuguese culture Abstract: The constructive process of the interpretation of ten Portuguese contemporary piano pieces that evoke extra-musical aspects of the Portuguese culture is the core of this research. Its body of work corpus consists of Lume de Chão (2003 - 2004) by Amílcar Vasques-Dias, terras por detrás dos montes (2011) by Carlos Marecos, L'aire de l campo (2003) by Eurico Carrapatoso, Variações sobre o Coro da Primavera (2000) by Fernando Lapa, Viagens na Minha Terra (1953-1954) by Fernando Lopes- Graça, Fogo Posto (2011) João Godinho, Para EBowed-Piano, Melódica e Field Recordings (2015) by Tiago Cutileiro and by versions for piano of the fado songs Um Homem na Cidade, Barco Negro and Talvez se chame saudade composed, respectively, by Vasco Mendonça, João Madureira and Pedro Faria Gomes in 2007. The methodology, based on the identification, analysis and comparison of the extramusical elements with the music inspired by them, shows, firstly, how composers have incorporated these references in their works, and then finds out how the contact with the original sources influences the musical interpretation. These works refer to Portugal in terms of geography, literature, traditional music, protest song, fado and popular traditions. Although there are different degrees of reference and impact on the interpretation, it is stated that the establishment of bridges with the Portuguese cultural elements that inspired the creation of these works is a distinctive element in the interpretation at the piano. This approach influenced the choices of character, expressiveness, time, articulation and dynamic in the performance of the pieces.
Original languagePortuguese
Supervisors/Advisors
  • Gibson, Benoît, Supervisor
Publication statusPublished - 2017

Keywords

  • Música contemporânea portuguesa para piano
  • Referências extra-musicais
  • Portuguese contemporary music for piano
  • Extra-musical references

Cite this