Estudo químico e mineralógico, e datação por luminiscência, de altos-relevos miniaturais em terracota

Agnès Anne Françoise Le Gac Arinto, Maria Isabel Dias, Maria Isabel Prudêncio, Christopher Burbidge, Rosa Marques, Camila Remonatto, ML Carvalho

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

Altos-relevos miniaturais em terracota policromada constituindo dois ciclos narrativos e pertencentes ao Museu Nacional de Arte Antiga (Lisboa) foram estudados. Pouco se sabe da sua autoria, contexto histórico-artístico e técnicas de produção. Perante a sua aparente semelhança formal e material, esta investigação procurou compreender as relações existentes entre estas obras em termos materiais, de fabrico e datação.
A composição química dos corpos cerâmicos foi determinada pela análise por activação neutrónica e a composição mineral por difracção de raios X. Os aspectos cronológicos foram estudados por luminescência.
Este estudo permitiu elucidar questões de cronologia, proveniência e de produção tecnológica quanto às matérias-primas e as temperaturas de cozedura usadas. Os resultados composicionais permitiram apontar para o recurso a matérias-primas distintas para os ciclos da Vida de São Francisco e da Paixão de Cristo e temperaturas de cozedura baixas. Os resultados de luminescência apontam para uma produção dos três altos relevos analisados na segunda metade do século XVIII, em harmonia com os estudos de história de arte.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)53-63
JournalConservar Património
Issue number20
DOIs
Publication statusPublished - 27 Feb 2015

Keywords

  • AAN
  • DRX
  • TL/OSL
  • Terracota
  • Escultura
  • Património Cultural

Cite this