Estudantização da cidade: uma leitura a partir do alojamento para estudantes em mobilidade

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

7 Downloads (Pure)

Abstract

O conceito de estudantização está associado às transformações urbanas provocadas pela concentração de estudantes deslocados nas cidades com oferta de ensino superior. As mudanças, com magnitudes diversas, são multi-escalares (do bairro à cidade) e multi-dimensionais: socio-demográficas (aumento de residentes, alterações na composição etária e social), funcionais (novas ofertas de comércio e serviços), culturais (aparecimento de produtos e locais de recreio e lazer, novas formas de usufruto do espaço público), económicas (valorização da propriedade e do mercado de arrendamento) e habitacionais (aumento temporário da ocupação residencial, forte rotatividade da procura, produtos imobiliários dedicados, mercado de arrendamento sob pressão, com reflexo no valor das rendas). Em Portugal, a estudantização tem ganho cada vez maior notoriedade em muitas cidades, pela conjugação de várias procuras: acréscimo do acesso ao ensino superior no país, acolhimento de estudantes oriundos dos PALOP e do Brasil (estes mais recentes e mais focados na pós-graduação), aumento dos estudantes Erasmus ou de outros destinos (por exemplo da China). A cidade de Lisboa, com uma oferta de ensino superior alargada e diversificada, é um dos destinos mais procurados. A consequente pressão sobre o mercado de arrendamento residencial é ainda agravada pelo boom turístico recente, que está a captar parte daquela oferta para a modalidade de alojamento local. Assim, tendo Lisboa como estudo de caso, o artigo propõe uma abordagem exploratória ao processo de estudantização centrado no alojamento de estudantes universitários deslocados. O enfoque na habitação decorre desta corresponder a uma necessidade vital do estudante, que pode inviabilizar a sua instalação na cidade pretendida. A abordagem proposta tem como objetivos: discutir o conceito de estudantização na componente do alojamento de estudantes; analisar a evolução dos estudantes no ensino superior em Lisboa face ao contexto nacional, em particular a dos estudantes deslocados; identificar as possibilidades de alojamento para estudantes em mobilidade; apresentar os resultados do teste ao questionário a lançar aos estudantes em mobilidade na cidade de Lisboa no ano letivo 2018/2019. A metodologia está apoiada: (i) na tipificação da oferta de alojamento para estudantes; (ii) na realização de um inquérito on-line aos estudantes da NOVA FCSH (análise exploratória), divulgado em plataformas e redes sociais. A pesquisa pretende interpretar a relação oferta/procura de alojamento através da resposta a questões como: o padrão geográfico da residência de estudantes em Lisboa; tipos preferenciais de alojamento, os fatores dominantes na escolha do alojamento, as diferenças na procura em função da origem do estudante ou do nível de ensino, o grau de estabilidade do alojamento ao longo do percurso académico.
Original languagePortuguese
Title of host publicationProceedings of the 25th APDR Congress
Place of PublicationLisboa
PublisherAssociacao Portuguesa para o Desenvolvimento Regional (APDR)
Pages449-458
Number of pages9
ISBN (Print)978-989-8780-06-5
Publication statusPublished - 2018
Event25th APDR Congress: Circular Economy. Urban Metabolism and Regional Development Challenges for a Sustainable Future - Lisboa, Portugal
Duration: 5 Jul 20186 Jul 2018

Conference

Conference25th APDR Congress: Circular Economy. Urban Metabolism and Regional Development Challenges for a Sustainable Future
CountryPortugal
CityLisboa
Period5/07/186/07/18

Keywords

  • Alojamento para estudantes
  • Critérios de seleção do alojamento
  • Estudantização
  • Padrão geográfico
  • Lisboa

Cite this