Erro medicamentoso em cuidados de saúde primários e secundários : dimensão, causas e estratégias de prevenção = medication errors in primary and secondary care : magnitude, causes and strategies for prevention

D P Lyra Júnior, J S Siqueira, D T Silva, L B Almeida, W B Silva, Paulo Sousa, Mara Pereira Guerreiro

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

56 Downloads (Pure)

Abstract

RESUMO - Com este artigo pretende-se dar uma panorâmica sobre a frequência e as principais causas do erro medicamentoso nos cuidados de saúde primários e hospitalares. Constitui igualmente nosso objectivo abordar, ainda que de forma sucinta, algumas das estratégias de prevenção deste tipo de evento adverso e discutir alguns aspectos da sua avaliação. Da análise da literatura, constata-se que os erros de medicação em cuidados primários e secundários são um problema comum, embora este primeiro setting esteja menos estudado. Ainda que estes erros resultem, numa minoria dos casos, em dano para os doentes, a sua consequência mais preocupante – os eventos adversos medicamentosos (EAM) evitáveis – são apesar de tudo frequentes e acarretam considerável sofrimento humano e desperdício para as organizações de saúde. As intervenções para prevenção dos erros de medicação e de EAM evitáveis podem ter como enfoque os indivíduos, os processos e os aspectos inerentes às organizações de saúde. A avaliação da sua efectividade é crucial, particularmente se a intervenção se revestir de carácter complexo e/ou envolver custos significativos. Parecem existir poucos estudos realizados em países de língua portuguesa (ou publicados em português) sobre a segurança do doente na área do medicamento. Importa fomentar a formação e a investigação nesta área e sensibilizar os profissionais de saúde para a mesma, tendo em conta a sua pertinência e o seu “peso” na dimensão epidemiológica, clínica, económica e social.

ABSTRACT - This article intends to give an overview of the magnitude and main causes of medication errors in primary and secondary care. It is also our aim to briefly address strategies for prevention of medication errors and adverse drug events and to discuss some aspects of their evaluation. The literature review showed that medication errors in primary and secondary care are a common problem, although the former setting is less studied. While these errors result in harm to patients in a minority of cases, preventable adverse drug events are nevertheless frequent and cause considerable human suffering and waste to healthcare organizations. Interventions to prevent medication errors and adverse drug events can be targeted at health care professionals, care processes and organizational aspects. Evaluating their effectiveness is crucial, particularly in the case of complex and/or expensive interventions. The body of published research on medication errors and adverse drug events in Portuguese-speaking countries seems modest. Given the relevance of this topic and its epidemiological, clinical, economical and social implications it is essential to raise awareness in health professionals and to foster training and research initiatives.

Original languageUnknown
Pages (from-to)40-46
JournalRevista Portuguesa de Saúde Pública
VolumeVolume temático
Issue number10
Publication statusPublished - 1 Jan 2010

Cite this