Entre Portugal, África e os Açores: Reflexões sobre as supostas viagens atlânticas do mercador alemão Martin Behaim (1459-1507)

Research output: Contribution to conferenceAbstract

Abstract

Martin Behaim (Martinho da Boémia) foi um mercador e aventureiro oriundo de Nuremberga. Chegou, em 1484, a Portugal onde entrou em contacto com o mundo da Expansão Portuguesa e alguns dos seus protagonistas, entre estes Diogo Gomes de Sintra. Casou-se, ainda nos anos 80 do século XV, com Joana de Macedo, filha do capitão das ilhas de Pico e Faial. Martin Behaim notabilizou-se por ter incentivado, na década seguinte, na sua terra natal, a construção do célebre globo terrestre que tem o seu nome. No entanto, a história deste «filho adoptivo dos Açores» (Ernesto do Canto) é um dos capítulos mais enigmáticos no âmbito da história das relações luso-alemãs. Misturaram-se em torno desta personagem polémica factos e lendas que distorceram a sua biografia e deixaram controvérsias não raras vezes duradouras. Os apologistas de Behaim atribuíram-lhe um papel significativo na História dos Descobrimentos como, por exemplo, o de ser um grande navegador e excelente cartógrafo e cosmógrafo, o que os seus críticos negaram, sublinhando a falta de provas conclusivas.
Esta comunicação pretende lançar um olhar à vida de Martin Behaim em terras lusas, destacando as supostas viagens marítimas que este terá efectuado no Espaço Atlântico entre Portugal, África e os Açores.
Original languagePortuguese
Pages39-40
Number of pages2
Publication statusPublished - Sep 2021
EventI Atlantic Conference History, Culture and Heritage: Leisure, Travel and Tourism -
Duration: 27 Sep 202130 Sep 2021

Conference

ConferenceI Atlantic Conference History, Culture and Heritage: Leisure, Travel and Tourism
Period27/09/2130/09/21

Keywords

  • História da Expansão Portuguesa
  • Viagens dos Descobrimentos
  • Relações Luso-Alemãs
  • O globo de Behaim

Cite this