Ensino da história e inovação pedagógica na transição para a democracia (Portugal, décadas de 1960 e 1970)

Raquel Henriques, Joaquim António de Sousa Pintassilgo

Research output: Contribution to journalArticle

1 Downloads (Pure)

Abstract

Pretende-se, com este artigo, refletir sobre as transformações que ocorreram no nível do ensino da História em Portugal durante o curto mas complexo período anterior ou subsequente à revolução do 25 de abril de 1974. Que inovações foram sendo introduzidas nos programas? Quais as características dos manuais e de outros recursos então produzidos para o apoio aos alunos? Que métodos pedagógicos são prescritos aos professores? Concentrar-nos-emos no nível de ensino que parece ter sido mais marcado pelo espírito renovador, o Ciclo Preparatório do Ensino Secundário, correspondente aos atuais 5º e 6º anos de escolaridade. Utilizaremos como fontes um conjunto de documentos legais, designadamente programas, para além de manuais escolares e outros recursos educativos que então circularam entre o ministério e os professores.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)125-148
Number of pages23
JournalHistória Hoje
Volume2
Issue number4
DOIs
Publication statusPublished - 2013

Cite this

@article{356efd7cb410463daff0dae0109a9afc,
title = "Ensino da hist{\'o}ria e inova{\cc}{\~a}o pedag{\'o}gica na transi{\cc}{\~a}o para a democracia (Portugal, d{\'e}cadas de 1960 e 1970)",
abstract = "Pretende-se, com este artigo, refletir sobre as transforma{\cc}{\~o}es que ocorreram no n{\'i}vel do ensino da Hist{\'o}ria em Portugal durante o curto mas complexo per{\'i}odo anterior ou subsequente {\`a} revolu{\cc}{\~a}o do 25 de abril de 1974. Que inova{\cc}{\~o}es foram sendo introduzidas nos programas? Quais as caracter{\'i}sticas dos manuais e de outros recursos ent{\~a}o produzidos para o apoio aos alunos? Que m{\'e}todos pedag{\'o}gicos s{\~a}o prescritos aos professores? Concentrar-nos-emos no n{\'i}vel de ensino que parece ter sido mais marcado pelo esp{\'i}rito renovador, o Ciclo Preparat{\'o}rio do Ensino Secund{\'a}rio, correspondente aos atuais 5º e 6º anos de escolaridade. Utilizaremos como fontes um conjunto de documentos legais, designadamente programas, para al{\'e}m de manuais escolares e outros recursos educativos que ent{\~a}o circularam entre o minist{\'e}rio e os professores.",
author = "Raquel Henriques and Pintassilgo, {Joaquim Ant{\'o}nio de Sousa}",
note = "info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147250/PT# UID/HIS/04209/2013",
year = "2013",
doi = "10.20949/rhhj.v2i4.93",
language = "Portuguese",
volume = "2",
pages = "125--148",
journal = "Hist{\'o}ria Hoje",
issn = "1806-3993",
number = "4",

}

Ensino da história e inovação pedagógica na transição para a democracia (Portugal, décadas de 1960 e 1970). / Henriques, Raquel; Pintassilgo, Joaquim António de Sousa .

In: História Hoje, Vol. 2, No. 4, 2013, p. 125-148 .

Research output: Contribution to journalArticle

TY - JOUR

T1 - Ensino da história e inovação pedagógica na transição para a democracia (Portugal, décadas de 1960 e 1970)

AU - Henriques, Raquel

AU - Pintassilgo, Joaquim António de Sousa

N1 - info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147250/PT# UID/HIS/04209/2013

PY - 2013

Y1 - 2013

N2 - Pretende-se, com este artigo, refletir sobre as transformações que ocorreram no nível do ensino da História em Portugal durante o curto mas complexo período anterior ou subsequente à revolução do 25 de abril de 1974. Que inovações foram sendo introduzidas nos programas? Quais as características dos manuais e de outros recursos então produzidos para o apoio aos alunos? Que métodos pedagógicos são prescritos aos professores? Concentrar-nos-emos no nível de ensino que parece ter sido mais marcado pelo espírito renovador, o Ciclo Preparatório do Ensino Secundário, correspondente aos atuais 5º e 6º anos de escolaridade. Utilizaremos como fontes um conjunto de documentos legais, designadamente programas, para além de manuais escolares e outros recursos educativos que então circularam entre o ministério e os professores.

AB - Pretende-se, com este artigo, refletir sobre as transformações que ocorreram no nível do ensino da História em Portugal durante o curto mas complexo período anterior ou subsequente à revolução do 25 de abril de 1974. Que inovações foram sendo introduzidas nos programas? Quais as características dos manuais e de outros recursos então produzidos para o apoio aos alunos? Que métodos pedagógicos são prescritos aos professores? Concentrar-nos-emos no nível de ensino que parece ter sido mais marcado pelo espírito renovador, o Ciclo Preparatório do Ensino Secundário, correspondente aos atuais 5º e 6º anos de escolaridade. Utilizaremos como fontes um conjunto de documentos legais, designadamente programas, para além de manuais escolares e outros recursos educativos que então circularam entre o ministério e os professores.

U2 - 10.20949/rhhj.v2i4.93

DO - 10.20949/rhhj.v2i4.93

M3 - Article

VL - 2

SP - 125

EP - 148

JO - História Hoje

JF - História Hoje

SN - 1806-3993

IS - 4

ER -