Políticas de Prevenção Rodoviária – Um caso de Geo-Referênciação

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

Com a evolução cultural das sociedades, os hábitos de mobilidade sofreram mudanças que possibilitaram melhorias na forma e no s tempos de deslocação. As elevadas taxas de mortalidade originadas pelos elev ados índices de sinistralidade atingiram níveis insustentáveis. Os trabalhos mortalidade rodoviária são escassos e limitam-se a exercícios de estatística comparativa onde não se vai além da cri ação de tipologias dos acidentes. Ao nível da disseminação da informação e mapeamento dos respectivos acidentes pouco se tem evoluído, além da habitual divulgação dos números, quer através de anuários, quer através de páginas na Internet. Este artigo relata o desenvolvimento de um projecto de geo-referenciação da sinistralidade rodoviária no distrito de Lisboa, en volvendo vítimas mortais e feridos graves para o ano de 2007. Na sua fase inicial fora m elaborados sumários individuais com informação sobre os sinistros, reco lhida pelas forças de segurança (Polícia de Segurança Pública e Guarda Nacional Rep ublicana). A utilização da plataforma Google Earth, permitiu a referenciação geográfica da informação c om o objectivo de divulgar aos cidadãos e às entidades c ompetentes a localização dos sinistros, a caracterização do local, as suas causa s e consequências.
Original languageUnknown
Title of host publicationTrunfos de uma Geografia Activa, Desenvolvimento Local, Ambiente, Ordenamento e Tecnologia
EditorsNorbeto Santos, Lúcio Cunha
Place of PublicationCoimbra
PublisherImprensa da Universidade de Coimbra
Pages603-611
ISBN (Print)978-989-26-0111-3
Publication statusPublished - 1 Jan 2011

Cite this