Em que medida a proximidade linguística influencia as exportações portuguesas? Um estudo aplicado à União Europeia e ao Mercosul

Sandra Ribeiro, Maria João Ferro

Research output: Contribution to journalArticle

78 Downloads (Pure)

Abstract

The intense global economic integration of the last decades has increased the trade between countries. However, barriers to trade continue to exist. Several studies have already confirmed that the language variable influences the choice of international partners, since it may increase or decrease transaction costs. We have examined the relationship between Portuguese exportations and the dominant language in the country of destination, also looking at the influence
of being of member of the EU or Mercosur. We conclude that linguistic proximity plays an important role in the choice of foreign trading partners, such as belonging to the EU.

A intensa integração económica mundial das últimas décadas veio aumentar as trocas comerciais entre os diversos países. No entanto, ainda existem barreiras que dificultam a realização das trocas comerciais. Vários estudos confirmaram já que a variável língua influencia a escolha de parceiros internacionais, uma vez que pode aumentar ou diminuir os custos da transação. Examinamos a relação entre as exportações portuguesas e a língua dominante no país de destino, analisando também a influência da pertença à UE ou ao Mercosul. Concluímos que a proximidade linguística desempenha um papel importante na escolha de parceiros comerciais estrangeiros, tal como o facto de pertencer à UE.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)189-208
Number of pages19
JournalDebater a Europa
Issue number16
Publication statusPublished - 2017

Keywords

  • Comércio internacional
  • Barreiras linguísticas
  • Multilinguismo
  • Língua franca
  • Economia da língua
  • International Trade
  • Language Barriers
  • Multilingualism
  • Free language
  • Language economics

Cite this