Edição de livros e Estado Novo: apostolado cultural, autonomia e autoritarismo

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

Neste capítulo procura-se perceber os traços mais marcantes do sector da edição de livros em Portugal durante o regime do Estado Novo português à luz da sua articulação com elementos contextuais, dos quais o principal aqui abordado é a condição autoritária e repressiva do poder ditatorial. Nesse sentido, a relação do campo editorial com o salazarismo vai favorecer um sistema complexo e contraditório de interacções, que teve como uma das derivações mais relevantes (mas claramente não a única) o reforço em muitos editores de um sentido de si específico, no qual se jogou um espírito de missão que tomou o acto de publicar livros como apostolado cultural.
Original languagePortuguese
Title of host publicationO Estado Novo em Questão
EditorsNuno Domingos, Victor Pereira
Place of PublicationLisbon
PublisherEdições 70
Pages131-164
Number of pages34
Edition1
ISBN (Print)978-972-441-628-1
Publication statusPublished - 2010

Cite this

Medeiros, N. M. R. D. (2010). Edição de livros e Estado Novo: apostolado cultural, autonomia e autoritarismo. In N. Domingos, & V. Pereira (Eds.), O Estado Novo em Questão (1 ed., pp. 131-164). Lisbon: Edições 70.