Rebocos de terra: influência da adição de óleo de linhaça e comparação com rebocos convencionais

Translated title of the contribution: Earth renders: the influence of adding linseed oil and comparision with current renders

José Lima, Sara Silva, Paulina Faria

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

Abstract

Este artigo pretende avaliar o efeito da adição de óleo de linhaça em argamassas formuladas com terra ilítica, extraída da bacia sedimentar do Algarve. Especificamente pretende-se avaliar se a adição de quantidades reduzidas de óleo de linhaça pode melhorar o desempenho mecânico destas argamassas de terra. Procedeu-se à caracterização das argamassas no estado fresco e no estado endurecido, comparando-se os resultados obtidos com os resultados de
argamassas realizadas com ligantes convencionais: gesso, cal aérea e cal hidráulica. Os resultados obtidos demonstram que a adição de quantidades reduzidas de óleo de linhaça melhora de forma significativa o desempenho das argamassas de terra, nomeadamente as resistências à tração por flexão, à compressão e à abrasão, assim como a aderência ao suporte e a coesão superficial, registando valores semelhantes, ou superiores, às argamassas de ligantes convencionais.
Original languagePortuguese
Title of host publicationAtas do 1º Congresso de Ensaios e Experimentação em Engenharia Civil - TESTE2016 - Ensaiar para Reabilitar
Place of PublicationLisbon
PublisherInstituto Superior Técnico
Number of pages8
ISBN (Electronic)978-972-8574-44-4
DOIs
Publication statusPublished - Jul 2016
Event1º Congresso de Ensaios e Experimentação em Engenharia Civil: TEST&E 2016 - Lisboa, Portugal
Duration: 4 Jul 20166 Jul 2016
http://teste2016.tecnico.ulisboa.pt/

Conference

Conference1º Congresso de Ensaios e Experimentação em Engenharia Civil
CountryPortugal
CityLisboa
Period4/07/166/07/16
Internet address

Keywords

  • Reboco de terra
  • Norma de ensaio
  • Caracterização de argamassa
  • Óleo de linhaça
  • Ligante convencional

Cite this

Lima, J., Silva, S., & Faria, P. (2016). Rebocos de terra: influência da adição de óleo de linhaça e comparação com rebocos convencionais. In Atas do 1º Congresso de Ensaios e Experimentação em Engenharia Civil - TESTE2016 - Ensaiar para Reabilitar [01028] Lisbon: Instituto Superior Técnico. https://doi.org/10.5281/zenodo.164637
Lima, José ; Silva, Sara ; Faria, Paulina. / Rebocos de terra: influência da adição de óleo de linhaça e comparação com rebocos convencionais. Atas do 1º Congresso de Ensaios e Experimentação em Engenharia Civil - TESTE2016 - Ensaiar para Reabilitar. Lisbon : Instituto Superior Técnico, 2016.
@inproceedings{8f2402d403e0400488d1f902a1bffcb6,
title = "Rebocos de terra: influ{\^e}ncia da adi{\cc}{\~a}o de {\'o}leo de linha{\cc}a e compara{\cc}{\~a}o com rebocos convencionais",
abstract = "Este artigo pretende avaliar o efeito da adi{\cc}{\~a}o de {\'o}leo de linha{\cc}a em argamassas formuladas com terra il{\'i}tica, extra{\'i}da da bacia sedimentar do Algarve. Especificamente pretende-se avaliar se a adi{\cc}{\~a}o de quantidades reduzidas de {\'o}leo de linha{\cc}a pode melhorar o desempenho mec{\^a}nico destas argamassas de terra. Procedeu-se {\`a} caracteriza{\cc}{\~a}o das argamassas no estado fresco e no estado endurecido, comparando-se os resultados obtidos com os resultados deargamassas realizadas com ligantes convencionais: gesso, cal a{\'e}rea e cal hidr{\'a}ulica. Os resultados obtidos demonstram que a adi{\cc}{\~a}o de quantidades reduzidas de {\'o}leo de linha{\cc}a melhora de forma significativa o desempenho das argamassas de terra, nomeadamente as resist{\^e}ncias {\`a} tra{\cc}{\~a}o por flex{\~a}o, {\`a} compress{\~a}o e {\`a} abras{\~a}o, assim como a ader{\^e}ncia ao suporte e a coes{\~a}o superficial, registando valores semelhantes, ou superiores, {\`a}s argamassas de ligantes convencionais.",
keywords = "Reboco de terra, Norma de ensaio, Caracteriza{\cc}{\~a}o de argamassa, {\'O}leo de linha{\cc}a, Ligante convencional",
author = "Jos{\'e} Lima and Sara Silva and Paulina Faria",
year = "2016",
month = "7",
doi = "10.5281/zenodo.164637",
language = "Portuguese",
booktitle = "Atas do 1º Congresso de Ensaios e Experimenta{\cc}{\~a}o em Engenharia Civil - TESTE2016 - Ensaiar para Reabilitar",
publisher = "Instituto Superior T{\'e}cnico",

}

Lima, J, Silva, S & Faria, P 2016, Rebocos de terra: influência da adição de óleo de linhaça e comparação com rebocos convencionais. in Atas do 1º Congresso de Ensaios e Experimentação em Engenharia Civil - TESTE2016 - Ensaiar para Reabilitar., 01028, Instituto Superior Técnico, Lisbon, 1º Congresso de Ensaios e Experimentação em Engenharia Civil, Lisboa, Portugal, 4/07/16. https://doi.org/10.5281/zenodo.164637

Rebocos de terra: influência da adição de óleo de linhaça e comparação com rebocos convencionais. / Lima, José; Silva, Sara; Faria, Paulina.

Atas do 1º Congresso de Ensaios e Experimentação em Engenharia Civil - TESTE2016 - Ensaiar para Reabilitar. Lisbon : Instituto Superior Técnico, 2016. 01028.

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

TY - GEN

T1 - Rebocos de terra: influência da adição de óleo de linhaça e comparação com rebocos convencionais

AU - Lima, José

AU - Silva, Sara

AU - Faria, Paulina

PY - 2016/7

Y1 - 2016/7

N2 - Este artigo pretende avaliar o efeito da adição de óleo de linhaça em argamassas formuladas com terra ilítica, extraída da bacia sedimentar do Algarve. Especificamente pretende-se avaliar se a adição de quantidades reduzidas de óleo de linhaça pode melhorar o desempenho mecânico destas argamassas de terra. Procedeu-se à caracterização das argamassas no estado fresco e no estado endurecido, comparando-se os resultados obtidos com os resultados deargamassas realizadas com ligantes convencionais: gesso, cal aérea e cal hidráulica. Os resultados obtidos demonstram que a adição de quantidades reduzidas de óleo de linhaça melhora de forma significativa o desempenho das argamassas de terra, nomeadamente as resistências à tração por flexão, à compressão e à abrasão, assim como a aderência ao suporte e a coesão superficial, registando valores semelhantes, ou superiores, às argamassas de ligantes convencionais.

AB - Este artigo pretende avaliar o efeito da adição de óleo de linhaça em argamassas formuladas com terra ilítica, extraída da bacia sedimentar do Algarve. Especificamente pretende-se avaliar se a adição de quantidades reduzidas de óleo de linhaça pode melhorar o desempenho mecânico destas argamassas de terra. Procedeu-se à caracterização das argamassas no estado fresco e no estado endurecido, comparando-se os resultados obtidos com os resultados deargamassas realizadas com ligantes convencionais: gesso, cal aérea e cal hidráulica. Os resultados obtidos demonstram que a adição de quantidades reduzidas de óleo de linhaça melhora de forma significativa o desempenho das argamassas de terra, nomeadamente as resistências à tração por flexão, à compressão e à abrasão, assim como a aderência ao suporte e a coesão superficial, registando valores semelhantes, ou superiores, às argamassas de ligantes convencionais.

KW - Reboco de terra

KW - Norma de ensaio

KW - Caracterização de argamassa

KW - Óleo de linhaça

KW - Ligante convencional

U2 - 10.5281/zenodo.164637

DO - 10.5281/zenodo.164637

M3 - Conference contribution

BT - Atas do 1º Congresso de Ensaios e Experimentação em Engenharia Civil - TESTE2016 - Ensaiar para Reabilitar

PB - Instituto Superior Técnico

CY - Lisbon

ER -

Lima J, Silva S, Faria P. Rebocos de terra: influência da adição de óleo de linhaça e comparação com rebocos convencionais. In Atas do 1º Congresso de Ensaios e Experimentação em Engenharia Civil - TESTE2016 - Ensaiar para Reabilitar. Lisbon: Instituto Superior Técnico. 2016. 01028 https://doi.org/10.5281/zenodo.164637