Alvenarias de blocos de terra - influência das argamassas de assentamento

Translated title of the contribution: Earth blocs masonries - Influence of masonry mortars

Daniel Ribeiro, Paulina Faria, Vitor Silva

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contributionpeer-review

1 Downloads (Pure)

Abstract

A terra foi dos primeiros materiais de construção utilizados, uma vez que a construção com este material surgiu com as primeiras sociedades agrícolas. Utilizada durante milénios, caiu em desuso durante o século XX com o desenvolvimento de novas técnicas construtivas realizadas com base em cimento.
A utilização de materiais provenientes do próprio local de produção e construção ou de zonas próximas permite reduzir consumos energéticos e correspondentes libertações de CO2 em transportes. Por outro lado a preparação da terra para ser utilizada também não implica elevados consumos energéticos, uma vez que se baseia apenas numa escavação, destorroamento e homogeneização. A terra de escavação é classificada como resíduo de escavação; assim, a sua aplicação na construção resulta numa redução dos custos e dos consumos para transporte até entidades de gestão de resíduos e sua gestão como resíduo.
Um bloco de terra pode não conter qualquer adição de ligante ou conter apenas uma percentagem baixa (sempre inferior a 50% da utilizada para a produção de betão para blocos). Nas alvenarias de blocos de terra estes são normalmente interligados através de argamassas, com as quais têm de ser compatíveis fisicamente e mecanicamente. Todas estas questões merecem atualmente um grande interesse com vista a uma maior ecoeficiência da construção. No entanto, a variedade existente na composição dos solos dificulta a normalização da construção com terra, havendo necessidade de um maior conhecimento das características deste tipo de construção e dos materiais de terra utilizados.
Recentemente tem sido dedicado a este tipo de construção um maior interesse por parte da indústria e comunidade científica. Nos países mais desenvolvidos, como é o caso da Alemanha, este interesse levou à publicação de normas que definem os requisitos e ensaios que as argamassas de assentamento de terra, os blocos de terra e os rebocos de terra, sem qualquer estabilização química, devem cumprir para poderem ser aplicados.
Neste artigo apresentam-se os requisitos e os métodos de ensaio que a norma alemã define para argamassas de assentamento de terra e uma comparação com a norma europeia para argamassas de assentamento. Para validação apresenta-se a caracterização de uma argamassa de assentamento de terra estabilizada produzida em condições de laboratório na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade NOVA de Lisboa. São apresentados e discutidos os resultados para a argamassa em estudo, procurando classificá-la de acordo com as normas e comparados os resultados com os obtidos por outros autores em estudos anteriores, salientando os principais requisitos de uma argamassa de assentamento.
Translated title of the contributionEarth blocs masonries - Influence of masonry mortars
Original languagePortuguese
Title of host publicationARGAMASSAS 2016 – II Simpósio de Argamassas e Soluções Térmicas de Revestimento
Place of PublicationCoimbra
PublisherITeCons
Pages96-107
Number of pages12
Publication statusPublished - 2016
EventARGAMASSAS 2016 – II Simpósio de Argamassas e Soluções Térmicas de Revestimento - ITeCons, Coimbra, Portugal
Duration: 16 Jun 201617 Jun 2016

Conference

ConferenceARGAMASSAS 2016 – II Simpósio de Argamassas e Soluções Térmicas de Revestimento
Country/TerritoryPortugal
CityCoimbra
Period16/06/1617/06/16

Keywords

  • Terra
  • Bloco
  • Argamassa
  • Alvenaria
  • Caracterização

Cite this