Dois conjuntos de azulejos Hispano-Mouriscos. O Tejo e a Igreja do Senhor da Boa Morte (século XVI)

Research output: Contribution to journalArticle

161 Downloads (Pure)

Abstract

Escavações arqueológicas na igreja do Senhor da Boa Morte, na freguesia de Povos, permitiram a descoberta de vários fragmentos de azulejos hispano-mouriscos produzidos com as técnicas de corda-seca e de aresta. Demonstram a continuidade na tradição muçulmana de decorar paredes com elementos geométricos e florais. Estes podem ser datados de inícios do século XVI e ali colocados aquando da valorização da igreja pela proximidade do palácio dos Condes da Castanheira. A par desta colecção são ainda analisados alguns destes objectos recolhidos nos areeiros do Tejo ainda que não seja possível associá-los a um contexto arqueológico.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)243-253
Number of pages11
JournalCira Arqueologia
Issue number6
Publication statusPublished - 2018

Keywords

  • n/a

Cite this